iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

10/06 - 12:38

Eliminatórias à Copa: Argentina deve enfrentar Equador com estádio cheio
A Associação do Futebol Argentino (AFA) prevê que o Monumental de Nuñez estará lotado para a partida do próximo domingo com o Equador, pela quinta rodada das Eliminatórias Sul-Americanas à Copa do Mundo de 2010.

EFE

A motivação do público não se deve à tradição do adversário, mas pela oportunidade de ver a dupla formada por Lionel Messi e Sergio Agüero, que brilham defendendo Barcelona e Atlético de Madri, respectivamente.

Para impedir a ação dos cambistas, as vendas de ingressos ao setor mais caro (US$ 48) serão limitadas a três por pessoa, número que cai para dois no caso dos mais baratos (US$ 8).

Três dias depois de pegar o Equador, a Argentina vai ao Mineirão enfrentar o Brasil, pela sexta rodada das Eliminatórias.

Ontem, o técnico Alfio Basile completou o grupo para as partidas com cinco jogadores que atuam no futebol local, com destaque para o meio-campo Juan Román Riquelme, do Boca.

Os outros chamados foram o meia Sebastián Battaglia e o atacante Rodrigo Palacio, companheiros de Riquelme no Boca; o goleiro Juan Pablo Carrizo, que trocará o River Plate pela Lazio; e o veterano meio-campo Juan Sebastián Verón, que defende o Estudiantes de La Plata e que não defendia a seleção desde a Copa América de 2007 - perdida para o Brasil.

A seleção argentina desembarcou hoje em Buenos Aires vinda dos Estados Unidos, onde disputou dois amistosos: goleou o México por 4 a 1, em San Diego, e ficou no 0 a 0 com os Estados Unidos na cidade Nova Jersey.

Basile mudou os planos da seleção no último dia em terras americanas, trocando a folga planejada por um treino.

A justificativa da AFA foi a mudança de itinerário da equipe, que precisou pernoitar quinta-feira na cidade de Wichita, no Kansas, por problemas com o vôo. EFE ee/dp

Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo