iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

09/06 - 15:12

“Vamos tentar fazer o gol logo de cara”, diz Fabinho
O técnico Mano Menezes já alertou que o Corinthians só será campeão da Copa do Brasil se fizer gols na Ilha do Retiro. Vazado uma vez, o Sport precisaria marcar outros três gols para, no mínimo, levar a decisão para os pênaltis.

Gazeta Esportiva

“Vamos tentar fazer o gol logo de cara”, pregou o volante Fabinho. “Um gol não nos dará o título, mas trará tranqüilidade para buscá-lo”, acrescentou.

O zagueiro Chicão lembrou que, se depender do retrospecto do Corinthians na Copa do Brasil, o gol projetado por Mano Menezes e Fabinho acontecerá em Recife. “Conseguimos marcar em todos os jogos fora de casa. Como o Fabinho falou, esse gol será muito importante. Obrigará o Sport a vir ainda mais para cima”, previu.

O histórico do Sport na competição, contudo, também é favorável aos pernambucanos. Em todas as vezes que jogou na Ilha do Retiro, venceu por dois gols de diferença ou mais. Nas semifinais, fez o que agora é necessário, diante do Vasco: 2 a 0. Caso repita o 3 a 1 conquistado sobre o Internacional, levará a decisão para a disputa por pênaltis. Melhor ainda se conseguir a goleada por 4 a 1 aplicada sobre Palmeiras, Brasiliense e Imperatriz.

Embora partilhe da confiança de Fabinho, Chicão é cauteloso. “Marcar um gol é bom, mas isso não acaba com a decisão. Se for 3 a 1, é pênaltis”, reforçou o zagueiro do Corinthians. “A euforia fica com a torcida. A gente não pode se empolgar, porque o futebol se decide dentro de campo.”

Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo