iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

09/06 - 16:17

Suíça e Turquia voltam se encontrar após incidente de 2005
A partida de quarta-feira entre Suíça e Turquia pelo grupo A da Eurocopa será o primeiro encontro das duas equipes desde o jogo de Istambul em 2005, que terminou com uma briga generalizada.

EFE

Em 16 de novembro de 2005, Suíça e Turquia faziam a partida de volta da repescagem das Eliminatórias Européias à Copa de 2006. Na ida, os suíços tinham vencido por 2 a 0 em Berna.

O jogo em Istambul terminou com a vitória dos visitantes por 4 a 2, resultado que garantiu a classificação da Suíça à Copa do Mundo da Alemanha. Na saída do campo, os suíços foram agredidos por policiais, agentes de segurança e jogadores turcos.

"O que aconteceu depois daquela partida foi um escândalo. Temíamos por nossas vidas. Policiais e jogadores turcos nos atacaram", disse na época o atacante Marco Streller, autor do segundo gol suíço.

Inicialmente, o Comitê de Disciplina da Fifa determinou que a Turquia deveria realizar seis partidas oficiais a uma distância de 500 quilômetros de sua fronteira. Já a Federação de Futebol Turca (TFF, em turco) recebeu uma multa de 130.000 euros.

Além disso, os jogadores turcos Alpay Özalan e Emre Belözoglu foram suspensos por seis partidas e receberam uma multa de 10.000 euros. Pela Suíça, o jogador Benjamin Huggel também pegou um gancho de seis partidas e uma multa de 10.000 euros.

Em seguida, a Comissão de Apelação da Uefa diminuiu as punições e a Turquia teve que realizar três partidas em campo neutro e com portões fechados. Já Huggel e Emre receberam quatro jogos de suspensão.

Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo