iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

09/06 - 08:09

Holanda e Itália fazem primeira 'final'
Holanda e Itália se enfrentam nesta segunda-feira, às 15h45 (de Brasília), no Stade de Suisse, em Berna, capital suíça, em um jogo que vem sendo chamado a 'primeira final' da Eurocopa de 2008. Isso porque as duas equipes fazem parte do Grupo C, chamado da morte, por contar ainda com França e Romênia, que também jogam nesta segunda-feira.

Gazeta Esportiva

No histórico,os italianos levam vantagem com oito triunfos e apenas duas derrotas para a Laranja Mecânica. As duas equipes já sentiram por uma vez o gostinho de conquistar o maior título do Velho Continente. A Azzurra foi campeã em 1968, quando foi anfitriã. Já os holandeses, exatos 20 anos depois, em 1988, se sagraram campeões na Alemanha.

Para chegar até esta Eurocopa, a Itália venceu um grupo que tinha a França. Já a Holanda se qualificiou em segundo lugar de sua chave, que teve a Romênia como ganhadora. Quis o destino que essas quatro equipes se encontrassem no mesmo grupo na Eurocopa. Roberto Donadoni, técnico da Itália, acredita que sua equipe precisa entender esse primeiro jogo como apenas mais um que terá pela frente na caminhada rumo ao título, que é o objetivo da Azzurra.

'Vamos enfrentar a Holanda e isso por si só já é um complicador. Portanto não precisamos de mais pressão, como qualificar o encontro como jogo da morte. Para mim é apenas um jogo de uma fase de grupos que precisamos ganhar. Assim que devemos pensar', explicou Donadoni, que não poderá contar com o experiente zagueiro Cannavaro, cortado por ter machucado o tornozelo nos últimos treinos antes desta estréia.

Pelo lado da Holanda, o técnico Marco Van Basten reconhece que bater a Itália na estréia é o resultado capaz de mudar o rumo de sua equipe nesta competição.

'Se ganharmos da Itália vamos embalar na competição e não tenho dúvidas de que conseguiremos a nossa classificação para a segunda fase, que é o nosso objetivo. Os italianos são difíceis de serem batidos, mas essa vitória terá outro sabor se for conquistada', afirmou Marco Van Basten, que foi o centroavante do time que ganhou a Eurocopa de 1988.

Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo