iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

09/06 - 04:28

Goleiro dos EUA garante empate sem gols contra Argentina
O bom futebol praticado pela seleção argentina encontrou finalmente um adversário de peso. Neste domingo, a equipe do técnico Alfio Basile demonstrou estar em boa fase e voltou a se apresentar bem em amistoso diante dos Estados Unidos, mas desta vez os hermanos pararam no goleiro Tim Howard, que assegurou o empate sem gols em um movimentado confronto.

Gazeta Esportiva

Os sul-americanos, como se esperava, dominaram a primeira etapa. Animados pela elogiada atuação na goleada por 4 a 1 sobre o México, o time voltou a contar com a boa movimentação da dupla Messi e Agüero no ataque.

O craque do Barcelona chamou a responsabilidade e criou três grandes chances para Julio Cruz, o terceiro elemento do tridente ofensivo montado por Basile. O atacante da Inter de Milão só não abriu o placar porque Howard executou três ótimas defesas no primeiro tempo.

A vitória argentina parecia ser questão de tempo, bastava o arqueiro norte-americano falhar. O ponto positivo para o time alviceleste era sua defesa, mais compacta e com menos falhas em relação ao duelo contra os mexicanos.

Mesmo satisfeito, Basile alterou a formação de sua equipe na volta do intervalo para o 4-4-2. Má escolha: não só perdeu conjunto no setor ofensivo, como abriu espaços para os EUA renascerem na partida. Os donos da casa comprovaram os problemas do goleiro Abbondanzieri e assustaram, em chutes de longe e em cabeçada de Mastroeni que carimbou o travessão.

No final do confronto, ainda houve tempo para duas expulsões, uma para cada lado. A primeira foi estado-unidense, com Mastroeni deixando o campo aos 26 minutos. Aos 42, foi a vez de Mascherano receber o cartão vermelho por falta dura em Freddy Adu.

De qualquer maneira, o resultado serviu para recuperar a auto-estima norte-americana, já que a seleção havia sido derrotados em amistosos recentes contra Inglaterra e Espanha, e agora a equipe pode entrar mais confiante para seu confronto contra Barbados pelas Eliminatórias da Copa do Mundo. Pela América do Sul, os argentinos também voltarão a campo contra Equador e Brasil. Com o reforço de Riquelme.

Recuperação com lucros – Criticado após a derrota por 4 a 1 para os argentinos, o México não perdeu tempo para se recuperar. E diante de outro sul-americano: bateu o Peru por 4 a 0.

A boa noite reservada à equipe de uniforme esverdeada começou bem e bastaram 28 minutos para o elástico placar ser construído. Logo aos seis minutos, Arce abriu o placar. Três minutos depois, Guardado deixou o seu. Aos 21, foi a vez de Vela ampliar e Arce marcou outro para selar a convincente vitória aos 28 minutos.

Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo