iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

09/06 - 20:13

Espanha pega a Rússia de olho na afirmação
A Espanha estréia na Eurocopa de 2008 nesta terça-feira, às 13 horas (de Brasília), no Estádio Tivoli Neu, em Innsbruck, na Áustria, contra a Rússia pelo Grupo D, que conta ainda com a Grécia, a atual campeã, e com a Suécia, que jogam também nesta terça. Os espanhóis buscam a afirmação em um torneio de expressão internacional, pois são apontados como uma espécie de o 'time do quase', com boas campanhas, condição de favoritismo, mas sem muitos títulos no currículo.

Gazeta Esportiva

O mais importante deles foi conquistado na Eurocopa de 1964, disputada no próprio território espanhol. Os russos tentam defender a tradição da antiga União Soviética, que foi campeã em 1960, edição inicial, e vice em outras três ocasiões.

Na Eurocopa de 2004, disputada em Portugal, Espanha e Rússia também se enfrentaram na fase de grupos, mas naquela ocasião nenhuma das duas equipes conseguiram avançar às quartas-de-final, apesar de a Fúria ter vencido por 1 a 0. Para chegar a esta edição os espanhóis superaram um grupo que tinha a Suécia, sua nova companheira de chave. Já os russos ficaram atrás apenas da Croácia em um grupo que contava com a poderosa Inglaterra.

Luis Aragonés, técnico da Espanha, sabe que a pressão pela conquista de um título europeu ou de projeção mundial é muito grande num país em que os clubes estão sempre disputados taças importantes. Apesar disso ele mantém a cautela e considera que a Fúria sequer tem a obrigação de ir às quartas-de-final.

”Se me perguntarem se a Espanha pode fazer bonito nesta Eurocopa vou responder que sim, mas não temos a obrigação sequer de avançar de fase, pois essa é uma competição muito disputada e nenhuma das equipes entra em campo disposta a brincar”, explicou Luis Aragonés, técnico da Espanha, que tem como principal destaque no time o atacante Fernando Torres, que defende o Liverpool, da Inglaterra.

Na Rússia a principal estrela está no banco de reservas. Trata-se do holandês Guus Hiddink, que dirigiu clubes de ponta do futebol europeu, como o Real Madrid e o Valencia, e teve como um dos principais feitos da carreira levar a Coréia do Sul ao terceiro lugar na Copa do Mundo de 2002. Naquela ocasião os sul-coreanos eliminaram a Espanha nas quartas-de-final. Para esta Eurocopa o treinador está otimista.

”A Rússia conta com um time que chega bem preparado para esta Eurocopa e em condições de fazer bonito. Mas não vamos estipular metas, pois isso só aumenta a pressão”, disse Guus Hiddink.

FICHA TÉCNICA
ESPANHA X RÚSSIA

Local
: Estádio Tivoli Neu, em Innsbruck, Áustria
Data: 10 de junho de 2008, terça-feira
Horário: 13 horas (de Brasília)
Árbitro: Konrad Plautz (Áustria)

ESPANHA: Casillas, Sergio Ramos, Puyol, Marchena e Capdevila; Xabi Alonso, Cazorla, Xavi e Fàbregas; David Silva e Fernando Torres.
Técnico: Luis Aragonés

RÚSSIA: Malafeev, Vasili Berezutski, Ignashevich, Aleksei Berezutski e Kolodin; Torbinskiy, Semak, Zyrianov e Adamov; Arshavin e Sychev.
Técnico: Guus Hiddink

Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo