iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

08/06 - 09:30, atualizada às 13:32 08/06

Cruzeiro e Vasco duelam no Mineirão

Será a primeira aparição do Animal, após o episódio em que o jogador chegou a anunciar a sua aposentadoria

Gazeta Esportiva

BELO HORIZONTE - No duelo entre duas equipes que começaram bem no Campeonato Brasileiro, o Cruzeiro recebe o Vasco neste domingo, às 18h10 (de Brasília), no Mineirão, pela quinta rodada da competição. Campeão mineiro neste ano, o time celeste segue invicto no Nacional e soma dez pontos até o momento, três a mais do que os cariocas, que buscam sua primeira vitória fora de casa no torneio.

A grande novidade no Vasco, para o duelo deste domingo, é a volta de Edmundo. Será a primeira aparição do Animal, após o episódio em que o jogador chegou a anunciar a sua aposentadoria. Convencido pelos dirigentes e pelos companheiros a seguir sua carreira, o atacante voltará a formar dupla com Leandro Amaral.

'A idéia da aposentadoria já está resolvida, já está superada. Ele atendeu o pedido das pessoas e sabe que é muito importante para o Vasco. Ele é um jogador de uma qualidade indiscutível', ressaltou o técnico Antônio Lopes.

Para sair de Belo Horizonte com a vitória, Antônio Lopes também aposta na polivalência do meia Leandro Bomfim.

'Ele tem jogado muito bem. É um jogador que sabe jogar do meio de campo para frente. Ele tem velocidade e participa das jogadas de criatividade do time. Em campo, ele exerce a função de marcação e de criação', exaltou Lopes.

Ainda no meio-campo, Morais chegou a preocupar a comissão técnica, ao reclamar de dores musculares durante a semana. Recuperado, o jogador foi confirmado por Lopes e, com isso, Jean terá que esperar por uma oportunidade no banco de reservas. Na lateral, Pablo cumpriu suspensão e entra no lugar de Mádson. Assim, o desfalque cruzmaltino aparece na defesa, onde Jorge Luiz sofre com uma tendinite no joelho e foi vetado pelos médicos. Após testar o time no 4-4-2, o treinador voltou atrás e decidiu escalar sua equipe no esquema com três zagueiros.

No Cruzeiro, apesar de a equipe ter fechado a quarta rodada na liderança, o técnico Adilson Batista tenta controlar a euforia. Precavido, o treinador faz questão de elogiar o time carioca, mas garante uma postura ofensiva para buscar mais três pontos.

'O Vasco é um time que chegou à semifinal da Copa do Brasil e foi eliminado nos pênaltis pelo Sport, mas jogou bem e venceu a partida. Está com sete pontos no Brasileiro, possui uma boa equipe. Eles têm jogadores em quem precisamos manter atenção para somarmos mais três pontos', comentou o treinador.

Adilson Batista não esconde que Edmundo, a quem dirigiu no Figueirense em 2006, receberá atenção especial neste domingo.

'Ele foi meu atleta no Figueirense. Ele ajudou na ocasião, é um excelente profissional, tenho um respeito muito grande. É um jogador que, independentemente da idade, tem uma qualidade que pode decidir a partida, e temos que tomar todo o cuidado', ressaltou Adilson.

Uma vitória sobre o Vasco seria a 100ª conquistada pelo Cruzeiro em Brasileiros desde 2003, quando o campeonato passou a ser disputado por pontos corridos. No entanto, os jogadores não querem se sentir pressionados, nem pela marca, nem pela liderança, e pedem calma no jogo de sábado.

'Vamos entrar para vencer, com tranqüilidade, sem a empolgação de tentar ganhar o jogo logo no começo', disse Marquinhos Paraná, que está de volta à lateral-direita, depois de atuar como volante contra o Coritiba. Na escalação cruzeirense, há apenas uma dúvida. Jajá e Reinaldo disputam uma vaga ao lado de Guilherme no ataque.

FICHA TÉCNICA
CRUZEIRO X VASCO

Local:
Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Data: 8 de junho de 2008, domingo
Horário: 18h10 (de Brasília)
Árbitro: Wilson Souza de Mendonça (PE)
Assistentes: Roberto Braatz (Fifa-PR) e Gilson Bento Coutinho (PR)

CRUZEIRO: Fábio; Marquinhos Paraná, Thiago Heleno, Espinoza e Jadílson; Fabrício, Charles, Ramires e Wagner; Jajá (Reinaldo) e Guilherme
Técnico: Adilson Batista

VASCO: Tiago; Luizão, Eduardo Luiz (Vílson) e Rodrigo Antônio; Wagner Diniz, Jonílson, Leandro Bomfim, Morais e Pablo; Leandro Amaral e Edmundo
Técnico: Antônio Lopes

Leia mais sobre: Campeonato Brasileiro


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo