iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

08/06 - 14:41, atualizada às 15:10 08/06

Mano admite perder destaques, mas espera retardar negociações
“É necessário vender, mas não precisa ser tão logo”, sorriu Mano Menezes, que remontou a equipe do Corinthians desde que chegou em janeiro

Gazeta Esportiva

SÃO PAULO - A diretoria do Corinthians e o técnico Mano Menezes são realistas ao analisar a situação financeira do clube. Para saldar dívidas, admitem que poderão negociar alguns dos destaques da equipe no ano – o lateral-esquerdo André Santos é um dos favoritos a deixar o Parque São Jorge.

“É necessário vender, mas não precisa ser tão logo”, sorriu Mano Menezes, que remontou a equipe do Corinthians. Se, em 2007, Felipe era o único que gerava cobiça nos adversários mais renovados, agora jogadores como o zagueiro Chicão, o meia Douglas e o atacante Herrera dividem as atenções com o goleiro.

Mesmo que o Corinthians se desfaça de alguns atletas na reabertura do mercado europeu, Mano Menezes assegura que sua equipe está preparada para superar as perdas. “Trabalho em grupo é importante por isso. Excluímos esse individualismo de ter um ou dois jogadores apenas que decidem. Não dá para dizer que, se sair esse ou aquele, sofreremos uma queda brusca”, comentou.

A falta de recursos também não impede a diretoria de contratar. Os meias Douglas e Elias, últimas aquisições, chegaram ao time e já se firmaram. “É inegável que melhoramos a qualidade do nosso plantel. Estamos formando uma equipe madura”, comemorou Mano Menezes.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo