iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

07/06 - 21:19

São Paulo acorda e goleia Atlético Mineiro por 5 a 1
Todo o futebol que não jogou em 2008 o São Paulo apresentou hoje em 90 minutos contra o Atlético Mineiro, no Morumbi. A vitória por 5 a 1, a primeira neste Campeonato Brasileiro, serviu para tirar o time da zona de rebaixamento e encerrar um jejum de quatro anos sem vitória sobre o rival.

Agência Estado

O Tricolor paulista agora tem seis pontos e está provisoriamente em 7º lugar na classificação.

Nem os são-paulinos acreditavam numa goleada. Tanto que apenas 7.609 torcedores foram ao Morumbi. Quem foi presenciou a melhor atuação do São Paulo no ano, mesmo sem Adriano, sua principal contratação para 2008. O time de Muricy Ramalho atropelou o Atlético sem a menor dificuldade. Em 15 minutos, já vencia por 3 a 0. Melhor que o resultado, só o repertório: chutes de fora da área, tabelas, aproximação dos alas e muita movimentação dos atacantes.

Nem de longe lembrou o time que passou o primeiro semestre inteiro levantando bolas na área para que Adriano tentasse um golzinho de cabeça. O São Paulo sobrou e os críticos de Muricy Ramalho vão ter de esperar mais um pouco para vê-lo longe do comando da equipe.

Jogando quase como o único volante do time, Hernanes saiu do campo de defesa para abrir o placar. Aos 9 minutos, recebeu com espaço na esquerda e avançou pelo meio sem ser incomodado por ninguém. Teve tempo para olhar, preparar o chute e mandar a bomba no ângulo: golaço do camisa 15, convocado por Dunga para os próximos jogos do Brasil nas Eliminatórias.

Três minutos depois, após uma bela triangulação com Borges e Aloísio, Joilson recebeu na entrada da área, bateu rasteiro e ampliou a vantagem. Cada vez que o São Paulo descia para o ataque, obrigava o Atlético a recomeçar o jogo no círculo central. Aos 15 minutos, Borges fez um lançamento perfeito para André Dias, que se arriscava no ataque. Com categoria de camisa 10, o zagueiro tocou na saída de Juninho: 3 a 0 para o São Paulo.

O técnico Gallo fez duas alterações aos 23 minutos de jogo. Não adiantou nada: o time da casa, que já atuava em velocidade bem mais reduzida após os três gols, marcou mais um no primeiro tempo. Hugo, de cabeça, deixou o placar em 4 a 0.

Segundo tempo

O São Paulo relaxou no segundo tempo e só viu o Atlético jogar. Ainda assim, não teve a vitória ameaçada. Coelho conseguiu descontar. Com um despretensioso chute de longe, o lateral venceu Rogério Ceni após desvio na zaga.

Renan Oliveira e Gedeon ainda perderam boas chances. E aí Hugo terminou de matar o Atlético, que amargou a primeira derrota no campeonato, com um chute cruzado. “Mas não temos nada para comemorar, é para seguir trabalhando”, disse Hugo.

Ficha técnica

São Paulo - Rogério Ceni; Alex Silva, André Dias e Miranda; Jancarlos, Joilson, Hernanes, Hugo (Júnior) e Jorge Wagner; Borges e Aloísio (Éder Luis). Técnico: Muricy Ramalho.

Atlético-MG - Juninho; Leandro Almeida, Vinícius e Welton Felipe (Serginho); Coelho, Rafael Miranda, Renan, Petkovic e Thiago Feltri (Beto); Almir (Gedeon) e Renan Oliveira. Técnico: Alexandre Gallo.

Gols - Hernanes, aos 8, Joilson, aos 12, André Dias, aos 15 e Hugo, aos 38 minutos do primeiro tempo; Coelho, aos 25, e Hugo, aos 39 minutos do segundo tempo.

Cartões amarelos - Alex Silva e Miranda (São Paulo); Welton Felipe e Petkovic (Atlético-MG).

Árbitro - Péricles Cortez (RJ).

Renda - R$ 139.950,00.

Público - 7.587 pagantes.

Local - Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP).

Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo