iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

07/06 - 12:53, atualizada às 14:33 07/06

Áustria estréia na Eurocopa contra Croácia tentando evitar vexame
Considerada a seleção mais fraca do torneio, a Áustria tem a difícil missão de fazer um bom papel, apesar dos péssimos resultados obtidos na fase de preparação

EFE

VIENA (ÁUSTRIA) - A Áustria estréia neste domingo às 13h de Brasília na Eurocopa de 2008 contra a Croácia, no estádio Ernst Happel de Viena, tentando não dar vexame no torneio o qual sedia junto com a Suíça.

Já a Croácia busca se recuperar da ausência do atacante brasileiro naturalizado Eduardo da Silva, que ficou de fora do torneio por lesão.

Considerada a seleção mais fraca do torneio, a Áustria tem a difícil missão de fazer um bom papel, apesar dos péssimos resultados obtidos na fase de preparação, quando venceu apenas duas partidas, contra Costa do Marfim e Malta, em 15 disputadas.

Apesar disso, o técnico austríaco Josef Hickersberger calculou que as chances de vitória de sua seleção são de até 40%.

O treinador conta com uma equipe com pouos destaques. O principal é o meia-armador Andreas Ivanschitz, do Panathinaikos, que deverá atuar no ataque na seleção, ao lado de Roland Linz, do Sporting Braga.

O nome surpreendente na lista de convocados foi o do veterano atacante Ivica Vastic, de 38 anos e que disputou a Copa do Mundo de 1998, na França, a última participação dos austríacos em um grande torneio internacional.

Hickersberger destaca que jogar em casa é uma vantagem, e se mostrou confiante nas chances da Áustria.

"A equipe apresentou uma evolução que não era esperada há um ano", disse.

Os croatas estréiam lamentando o desfalque do atacante brasileiro Eduardo da Silva, do Arsenal, que sofreu fratura exposta no tornozelo esquerdo em fevereiro, durante partida do Campeonato Inglês.

Após a brilhante campanha nas Eliminatórias, quando tiraram a Inglaterra do torneio, os croatas vêm caindo de produção, e a relação de convocados do técnico Slaven Bilic - ex-zagueiro da seleção - provocou polêmica no país.

Além dos veteranos Robert e Nico Kovac, Josip Simunic e Dario Srna, o técnico Slaven Bilic deverá começar a partida com as promessas Vedran Corluka, lateral-direito, e Luka Modric, meia-armador que, no país, é chamado de "Cryuff dos Bálcãs".

Bilic se disse hoje muito otimista e afirmou que a Croácia dominará a partida.

"Seremos melhores que os anfitriões", disse à imprensa na concentração croata, na localidade austríaca de Bad Tatzmannsdorf.

Prováveis escalações: Áustria: Manninger, Garics, Stranzl, Pogatetz e Gercaliu; Aufhauser, Säumel, Harnik e Fuchs; Ivanschitz e Linz. Técnico: Josef Hickersberger.

Croácia: Pletikosa, Corluka, Robert Kovac, Simunic e Pranjic; Niko Kovac, Srna, Modric e Kranjcar; Petric e Olic. Técnico: Slaven Bilic.

Árbitro: Pieter Vink (HOL), auxiliado por seus compatriotas Adriaan Inia e Hans ten Hoove.

Leia maia sobre: Áustria - Eurocopa


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo