iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

06/06 - 12:51, atualizada às 14:11 06/06

Tensão política impede Erdogan de assistir estréia da Turquia na Eurocopa
O primeiro-ministro turco, Recep Tayyip Erdogan, desistiu de ir à cidade suíça de Genebra para assistir à estréia da seleção da Turquia na Eurocopa de 2008, contra Portugal, devido a uma tensão política em seu país.

EFE

Na quinta, o Tribunal Constitucional da Turquia anulou uma reforma constitucional que permitia o livre uso do véu islâmico nas universidades, aprovada por maioria arrasadora no Parlamento.

Segundo os analistas turcos, o veredicto constitucional anuncia o que poderia ser o resultado do processo aberto contra o Partido da Justiça e o Desenvolvimento (AKP, em turco).

O processo exige a ilegalização do AKP e a inabilitação política do próprio Erdogan; do presidente da República, Abdullah Gül; e de 69 membros do partido.

Por isso, o primeiro-ministro convocou uma reunião extraordinária com os dirigentes de seu partido para definir uma nova estratégia que permita evitar a ilegalização - o que fará com que acompanhe a estréia dos turcos pela televisão.

Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo