iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

06/06 - 15:12, atualizada às 17:07 06/06

Dunga faz “tempestade em copo d’água” sobre Kaká, diz dirigente
A troca de farpas entre o Milan e o técnico da seleção brasileira, Dunga, continua. O vice-presidente do clube italiano, Adriano Galliani, disse em entrevista nesta sexta-feira que o técnico Dunga está fazendo 'tempestade em copo d'água' ao reclmar sobre o veto do atacante Kaká na disputa das Olimpíadas de Pequim.

Gazeta Esportiva

“Isso me parece uma tempestade em copo d'água. Não vou entrar em polêmica com o Dunga, o Milan não entra nesta contenda', falou Galliani ao diário italiano Gazzetta dello Sport.

As declarações de Galliani foram em resposta às recentes declarações do técnico da seleção brasileira, que reagiu com ironia ao fato do Milan ter pedido para Kaká ser cortado das próximas partidas das eliminatórias sul-americanas para se recuperar da operação no joelho esquerdo realizada no mês passado no Rio de Janeiro.

'Isso só reforça a nossa filosofia de sempre, de que queremos um grupo de jogadores motivados. Ele agora vai ver o filho dele nascer e quando estiver mais calmo, quando o Milan for mais generoso com a seleção, aí ele volta', comentou o treinador.

Segundo o dirigente milanês, a necessidade de operação de Kaká foi diagnosticada pelo médico da seleção brasileira, José Luis Runco. 'Nunca entramos nesta questão. A operação foi decidida pelo professor Runco, médico da seleção brasileira, assim como a recuperação está sendo feita com um fisioterapeuta da seleção', justificou.

'O Milan não fez absolutamente nada. Nunca me passou pela cabeça impedir Kaká de jogar com a seleção principal', concluiu.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo