Jogadores acreditam que obrigação de vencer tem deixado equipe nervosa. Foram 4 empates nos últimos jogos

Tendo empatado os últimos quatro jogos pelo Campeonato Brasileiro, o Flamengo já começa a ser cobrado pelo jejum de vitórias. Na visão dos jogadores, a ansiedade pode ser vista como o principal obstáculo. Controlar este aspecto é o objetivo para que o reencontro com o triunfo aconteça já na partida deste sábado, às 18h30, contra o Atlético-MG , no Engenhão, pela sexta rodada da competição.

Os números são da Footstats e estão disponíveis no aplicativo iG Esporte para iPhone e iPad

"Nós não estamos conseguindo os resultados que eram esperados e por isso mesmo acaba se criando um clima de ansiedade. Os empates não estavam nos nossos planos e estamos perdendo pontos importantes, que podem fazer a diferença lá na frente. Mas temos que manter a tranquilidade para que os três pontos sejam adquiridos contra o Atlético Mineiro", disse o zagueiro David Braz .

Entre para a Torcida Virtual do Flamengo e convide seus amigos

Para o lateral-direito Leonardo Moura , é fundamental o Flamengo ter este controle da ansiedade dentro de campo. Ainda mais quando as partidas acontecem no Rio, onde a responsabilidade de vitória é sempre do time rubro-negro.

"Temos que controlar a ansiedade. Quando os resultados não aparecem como queremos, não pela equipe jogar mal, pode acabar complicando. O time acaba entrando em campo ansioso demais para dar um fim a esse ambiente. Sabemos que precisamos vencer, pontuar em casa para dar uma guinada no campeonato", disse Leonardo Moura.

Na visão do lateral, que está na Gávea desde 2005, o importante é os jogadores saberem lidar com esta pressão.

"Tenho seis anos de Flamengo e estou acostumado com isso. Temos cobrança quando ganhamos, empatamos ou perdemos. O torcedor sabe o potencial da equipe e quer ver os resultados acontecerem. O importante é mostrarmos para os mais jovens, para quem veio de fora, que isso tem que ser levado para o lado positivo, para dar mais força dentro de campo. Só assim aparecerão as vitórias", disse Leonardo Moura.

A série de empates começou com um 3 a 3 com o Bahia, em Salvador (BA), onde os baianos conseguiram o gol de empate no fim do segundo tempo. A despedida de Petkovic do clube foi marcada por 1 a 1 com o Corinthians, no Engenhão. Depois foi a vez de novo 1 a 1 com o Atlético-PR, em Curitiba (PR). Por fim o empate sem gols com o Botafogo no domingo passado.

O elenco, que treinou nesta quinta-feira, volta a trabalhar na tarde desta sexta-feira, no Ninho do Urubu. Depois começa o período de concentração para o duelo contra os atleticanos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.