Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Euller anuncia aposentadoria e já pensa em carreira de técnico

Visivelmente emocionado, ex-jogador agradeceu aos clubes que jogou e não conseguiu conter as lágrimas

Gazeta |

O atacante Euller convocou a imprensa na manhã desta sexta-feira, no CT Lanna Drumond, para anunciar sua aposentadoria como jogador. O atleta, que começou a carreira no América-MG e brilhou com as camisas de Atlético-MG, São Paulo, Vasco e Palmeiras, além de ter atuado no futebol do Japão, estava visivelmente emocionado, e não conseguiu conter as lágrimas.

"Eu não pensei que seria tão difícil. Nesta sexta-feira, recebi uma cesta de café-da-manhã com uma mensagem especial da minha família, que me dava apoio. Eu quase não dormi pensando no que iria falar e expressar. É a entrevista mais difícil ao longo da minha carreira. Chegou o fim e é o momento de dar adeus aos gramados, às quatro linhas, e tenho que agradecer a Deus por tudo que vivi no futebol. Agradeço a todos os clubes por que passei", declarou.

Futura Press
Euller chora ao se despedir do futebol

Apesar de encerrar a carreira como jogador, Euller não deve ficar muito tempo longe dos gramados. O ex-atleta afirmou que tem planos de ser treinador. "Eu tenho um sonho que é ser treinador. Quero me preparar da melhor forma possível. Tenho certeza que posso ajudar muito ainda no futebol. Estou me despedindo apenas das quatro linhas, mas vou ficar ali fora", disse.

Outro momento de muita emoção foi quando Euller lembrou a passagem que teve pela Seleção Brasileira. "Quando saí de Felixlândia para fazer teste, não tinha certeza de nada, mas hoje digo que valeu a pena. Eu tinha um sonho de ser jogador e eu consegui. Consegui realizar o sonho de conquistar títulos e dar o melhor para a minha família. Também sempre sonhei com a Seleção Brasileira e consegui chegar lá", frisou.

O diretor de futebol do clube, Alexandre Mattos, disse que perde um excelente jogador e se distancia de um grande amigo. "É um amigo que esta nos deixando. Tenho sete anos de América-MG, já vivemos muitas coisas, sem dúvida é um filme que passa pela cabeça. Ele foi o primeiro atleta que eu contratei para o América-MG", afirmou.

Leia tudo sobre: América-MGeullerbrasileirão 2011aposentadoria

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG