Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Depois das dispensas, Atlético-MG procura por mais dois reforços

Presidente Alexandre Kalil confia nos jogadores do elenco, mas diz que ainda busca por volantes e meias

Victor Martins, iG Belo Horizonte* |

Depois das dispensas de Zé Luís e Ricardinho, o Atlético-MG corre para se reforçar. Caso queira trazer mais algum jogador que esteja fora do Brasil, o clube mineiro tem até sexta-feira, quando se fecha a janela de transferências internacionais. Já para contratações dentro do país, o clube tem um prazo maior. No caso da Copa do Brasil, as inscrições são até as quartas-de-final.

Mas além de se reforçar, o presidente Alexandre Kalil também quer ver alguns contratados renderem o esperado. O dirigente atleticano espera que Daniel Carvalho, Mancini e Guilherme produzam o que já fizeram em outros clubes. Sobre os reforços, Kalil afasta a possível chegada de atacantes, e diz que o time precisa de volante e armador.

“Na hora que esses jogadores começarem a jogar, temos um time. O Guilherme tem que jogar o que sabe. O Mancini e o Daniel também. O Neto Berola está jogando o que sabe, o Magno Alves também. Precisamos, talvez, de um meia e um volante. Uma zaga que tem Réver, Leonardo Silva, Werley e Lima, precisa de reforços? Temos um problema no meio. E olha que, se nosso meio-campo voltar a jogar, nem isso vamos precisar”.

Como de costume do presidente do Atlético-MG, o clube só vai trazer grandes jogadores. Segundo Alexandre Kalil, está descartada a busca por jogadores que não cheguem para acrescentar. “Estamos tentando contratar, mas não vamos trazer qualquer um. Vamos trazer alguém que pese na balança”.

Leia tudo sobre: Atlético-MG

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG