Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Dagoberto brinca com especulação e diz ter vida boa no São Paulo

Atacante se diz feliz no São Paulo, adaptado à cidade e diz que só sairia por uma proposta muito boa

Gazeta Esportiva |

O nome do atacante Dagoberto virou o novo alvo de especulações no mercado russo. Porém, o jogador não parece disposto a deixar o São Paulo para enfrentar o frio do país europeu e brinca sobre a informação de uma proposta de 15 milhões de euros.

"Se for verdade, estou mais que feliz, porque eu seria hipervalorizado. Estou feliz por escutar isso, mas é boato, até pelo momento muito bom que estou passando é normal. Mas não chegou nada para mim", afirmou.

Se receber a proposta milionária, Dagoberto avisa que não vê problemas em conversar, mas adverte que está satisfeito no São Paulo e não manifesta a intenção de atuar em clubes desconhecidos.

"Não tem problema algum de sentar e conversar, é uma coisa normal em um momento bom. Pelo que pode acontecer no futuro, as especulações são normais. Mas preciso ver o que tem mesmo de real, porque estou muito bem aqui. Acontecem momentos bons e ruins, mas tenho uma vida muito boa", comentou.

No ano passado, o São Paulo ficou empolgado com uma proposta do Metalist, da Ucrânia, quando o atacante passava por uma péssima fase no Morumbi. No entanto, naquela época, o próprio Dagoberto se negou a sair, deixando claro que só aceita se transferir para um clube de renome.

"Não vou reclamar da minha vida e da parte financeira. Estou muito bem. Dinheiro é bom, mas não traz felicidade, e sim conforto. Tenho de pensar em minha família. Aquela proposta se sucedeu de forma errada, queriam que eu saísse daqui. Sou um cara que sempre honrei esta camisa e merecia respeito naquele momento. Não era uma proposta boa para mim. Cheguei pela porta da frente e vou sair do São Paulo da mesma forma", afirmou.

Com vínculo no São Paulo até abril de 2012, Dagoberto poderá assinar um pré-contrato com outra equipe a partir de setembro, mas não quer ter problemas no atual clube.

"Vou fazer o que sempre fiz, que é trabalhar feliz. Gosto do grupo e da cidade. Só saio se for coisa muito boa mesmo para minha família, porque tenho pessoas que dependem de mim. Não vou para qualquer clube. Sempre deixei bem claro que sou muito grato ao São Paulo", finalizou.

Leia tudo sobre: são paulocampeonato paulista 2011dagoberto

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG