Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Contusão no treino pode tirar Leonardo Silva do jogo de domingo

Zagueiro torceu o tornozelo esquerdo e pode ser o quarto defensor do Atlético-MG sem condição de jogo

Victor Martins, iG Belo Horizonte* |

Divulgação
Acompanhado do médico Rodrigo Lasmar, Leonardo Silva deixa o treino do Atlético-MG
O técnico Dorival Júnior tem mais um problema para armar o time do Atlético-MG para domingo, contra o Guarani, em Divinópolis. O zagueiro Leonardo Silva deixou o treino dessa terça-feira com uma entorse no tornozelo esquerdo e é dúvida para a quarta rodada do Campeonato Mineiro.

O zagueiro do Atlético-MG se machucou depois de disputar uma bola com o atacante Jobson, no treino técnico comandado por Dorival Júnior. O tempo que o jogador vai ficar parado ainda não está definido, mas o médico Rodrigo Lasmar adianta que Leonardo Silva pode ser vetado para domingo.

“O Leonardo Silva está queixando de bastante dor, o tornozelo está inchado e ele já foi medicado. As primeiras 24 horas são muito importantes para possa ter uma ideia da extensão da lesão. Vamos esperar as primeiras horas para pedir um exame complementar. O fato é que o jogador está em tratamento e a lesão pode ser incapacitante para o jogo de domingo” disse Lasmar, em entrevista à Rádio Itatiaia.

A situação, porém, não parece ser tão preocupante. Se a torção no tornozelo esquerdo pode tirar Leonardo Silva da partida de domingo, não é uma lesão que pode afastar o zagueiro por um tempo maior. Segundo Rodrigo Lasmar, a primeira avaliação não mostrou ser preciso cirurgia ou um tempo maior de recuperação.

“Na primeira avaliação que fizemos, logo após o treinamento, nos pareceu uma lesão tão grave. Mas isso só vai ficar mais claro com a evolução, com um pouco de calma nas primeiras horas”.

Além de Leonardo Silva, o Atlético-MG tem mais dois zagueiros no departamento médico. Sidimar operou o joelho direito e vai ficar alguns meses parados. Já o capitão Réver trabalha para voltar logo. Existe chance dele ser liberado para enfrentar o Guarani, embora bem pequena.

“O Réver vem evoluindo bem, mas ainda se queixando de dor na panturrilha, não está totalmente recuperado. Ele permanece no acompanhamento fisioterápico, não está descartada sua participação no jogo de domingo, apesar de ser difícil. A lesão na panturrilha é traiçoeira, mas ele vem evoluindo bem e estamos satisfeitos com a resposta que ele vem nos dando”.

Se Réver continuar vetado e Leonardo Silva não se recuperar, o técnico Dorival Júnior vai ter apenas dois zagueiros para domingo. Lima e Werley são os únicos defensores do Atlético-MG em condição de jogo, pois o recém contratado Luiz Eduardo vai demorar de três a quatro semanas para entrar em forma.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG