Timão pegador, Galo maravilhoso, Inter “quase” campeão e Avaí guerreiro