Palmeiras, Grêmio e São Paulo firmes pelo título. E Timão acomodado