Deus perdoa; Klose, não!