2 semanas depois, 1 certeza: não existe futebol sem Internet