Meia ex-Palmeiras repetiu feito de quando era do time paulista, já que decidiu o jogo na etapa final

Cleiton Xavier reviveu os tempos de Palmeiras na tarde desta quinta-feira, jogando pelo Metalist Kharkiv contra o Áustria Viena, na casa do adversário. Assim como na época do time paulista, ele marcou um gol na parte final da segunda etapa e garantiu uma importante vitória fora de casa para os ucranianos.

O cenário inicial não foi muito bom para a equipe visitante, já que, com apenas sete minutos de bola rolando, os austríacos saíram na frente com um gol de Jun. O atacante aproveitou vacilo da zaga, que não cortou a bola após cruzamento e, com categoria, bateu rasteiro para inaugurar o placar.

Após sofrer o gol, o Metalist tentou sair do campo de defesa, apostando principalmente nas jogadas armadas por Cleiton Xavier para tentar ameaçar o gol do adversário. Até o intervalo, porém, nada de muito produtivo em termos ofensivos.

Nos 45 minutos finais, no entanto, os visitantes conseguiram encaixar melhor as jogadas, principalmente nas bolas paradas. E foi em uma delas que veio o empate. Cleiton Xavier bateu escanteio e Papa Gueye apareceu para desviar para o gol, meio desajeitado, mas eficiente.

Animados, os ucranianos passaram a ter as melhores chances, e conseguiram a virada após pênalti no argentino Cristaldo. Com categoria, Cleiton Xavier apareceu e bateu no canto, sem chances para o goleiro Rogulj, sacramentando o excelente triunfo.

Com o resultado, o time, que também conta com os brasileiros Taison e Edmar, ocupa a segunda colocação do grupo G, atrás do AZ, que goleou o Malmo por 4 a 1, jogando na Holanda. Os gols do time da casa foram de Altidore, Elm, Maher e Holman, enquanto Larsson descontou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.