Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Ceni treina, mas Rivaldo, Fernandinho e Carlinhos estão fora

Goleiro deve ter condições de enfrentar o São Caetano, mas técnico Carpegiani perde camisa 10 e mais dois

Gazeta Esportiva |

Apesar do retorno de Rogério Ceni aos treinos, o técnico Paulo César Carpegiani tem cada vez mais problemas para escalar o São Paulo para a próxima rodada do Campeonato Paulista. O meio-campista Carlinhos Paraíba e o atacante Fernandinho seguem no departamento médico e estão vetados para o compromisso da noite de sábado. Para piorar, o meia Rivaldo aumentou a lista de desfalques para o confronto diante do São Caetano, no Anacleto Campanella.

O único alento para o treinador é mesmo o retorno de Rogério Ceni aos treinos, depois de ficar em tratamento no Reffis de segunda até quarta-feira, por conta de dores na região cervical. A tendência é de que o goleiro esteja pronto para encarar o Azulão.

Já Rivaldo treinou entre os titulares na quarta-feira, mas, depois da movimentação, reclamou de um desconforto no músculo posterior da coxa direita. O exame constatou uma contratura, que deixará Rivaldo afastado dos gramados por aproximadamente dez dias.

Fernandinho, por sua vez, vinha realizando tratamento durante a semana, mas não evoluiu a ponto de ser liberado. Por conta de um estiramento na panturrilha, o atacante desfalcará o Tricolor por duas semanas.

Mais uma ausência para o confronto é o volante Carlinhos Paraíba, que ficará sete dias em tratamento de dores no joelho direito. Os três desfalques por ordem médica se juntam aos zagueiros Alex Silva e Miranda, suspensos.

No Reffis, o departamento médico do São Paulo ainda cuida dos reservas Fernandão e Cleber Santana. O atacante apresenta um problema no músculo adutor da direita, enquanto o meio-campista sofre de uma lombalgia.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG