Mais de dez jogadores devem ir ao banco dos réus por conta da briga generalizada após Goiás x Vila Nova

O Tribunal de Justiça Desportiva de Goiás irá analisar as imagens da confusão generalizada envolvendo jogadores e torcedores no clássico entre Vila Nova e Goiás , pela semifinal do Campeonato Goiano.

O órgão vai denunciar os envolvidos e eles serão julgados, provavelmente na próxima semana. As punições aplicadas valerão apenas em âmbito regional e não poderão ser cumpridas no Campeonato Brasileiro, a não ser que sejam aplicadas em dias, e não em número de jogos.

A confusão generalizada deve levar mais de dez jogadores ao banco dos réus. Após a partida, que terminou empatada por 2 a 2, o zagueiro Rafael Tolói , do Goiás, e o atacante Betinho, se desentenderam e deram início a uma grande batalha campal que tomou praticamente todo o gramado do Serra Dourada, envolveu membros da comissão técnica e até torcedores que invadiram o gramado e foram contidos por policiais.

Nas arquibancadas, também houve confusão na torcida do Vila Nova e bombas foram estouradas para que os torcedores parassem de causar problemas atirando objetos em direção ao gramado. O Tigre também deve ser julgado e corre risco de perder mandos de campo e ser multado.

O resultado classificou o Goiás , que vai decidir o título do Campeonato Estadual contra o Atlético-GO .

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.