Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Brasileiros são destaque de evento-teste para Londres-2012

Scheidt/Prada conquistaram o título antecipadamente e agora focam no Mundial de Perth

Gazeta Esportiva |

Os brasileiros Robert Scheidt e Bruno Prada foram os destaques do evento-teste para as Olimpíadas de Londres-2012 , realizado em Weymouth. Após conquistar o título de maneira antecipada, sem depender da pontuação da Medal Race, disputada neste sábado, a dupla inicia um novo ciclo de preparação, agora para o Mundial de Perth, marcado para dezembro.

"Nos adaptamos bem e gostamos da raia, dos ventos fortes, que são os nossos preferidos, estamos bem familiarizados com a região. E esperamos que em 2012 vente mesmo, vente forte. Nos próximos meses, é continuar treinando. Ainda temos muito a evoluir, algumas coisinhas para melhorar no barco, não podemos descuidar da preparação física. Tudo para chegarmos aqui tranquilos em 2012, porque a pressão é muito grande e tentaremos representar bem o País mais uma vez", disse Scheidt.

Além do evento-teste para Londres, os brasileiros venceram mais uma competição realizada em Weymouth nesta temporada, o Skandia Sail for Gold Regatta, no início de junho. No Mundial de Perth, Scheidt e Prada lutam para classificar a classe Star brasileira para os próximos Jogos Olímpicos, já que 11 das 16 vagas estarão em jogo na Austrália.

No segundo semestre, a dupla planeja manter os treinos no Lago di Garda. "Além de testar o equipamento, lá conseguimos velejar com importantes adversários. O Loof [o sueco Fredrik Loof], que é o atual medalhista olímpico de bronze, por exemplo, mora em Garda. Nos últimos seis meses, evoluímos muito fazendo isso. Agora, é questão de intensificar os treinos e melhorar alguns aspectos da nossa velejada", disse Scheidt.

Antes do Mundial, os líderes do ranking da classe Star passarão três semanas de aclimatação na Austrália. No entanto, o próximo desafio dos brasileiros é o Campeonato Italiano, em setembro. "Vai ser em casa, no Lago di Garda, que é onde o Robert mora e sempre treinamos. Depois, vamos disputar o Hemisfério, de novo em casa, porque será em Búzios, no final de outubro", informou Prada.

O desempenho da dupla até agora na temporada é praticamente perfeito. Dos dez títulos que disputaram, venceram oito, incluindo a Copa do Mundo de Vela da Isaf, feito inédito para a vela nacional. Por três vezes, Scheidt e Prada foram campeões antecipados, antes da realização da Medal Race: na Rolex Miami OCR, na Semana Francesa de Vela e no evento-teste para Londres-2012.

"Estamos em um momento muito importante da nossa carreira, velejando de maneira muito consistente. Vencer sem a Medal Race não é fácil. É preciso abrir no mínimo 20 pontos de vantagem. A nossa vitória aqui no evento-teste mostrou muito a nossa regularidade, sempre velejando com alto desempenho, sempre bem, sempre nos superando", analisou Scheidt.

A dupla também está feliz com o desempenho do novo barco, um PStar, americano. "É excelente. É muito rápido no vento médio para forte. Ainda tem algumas deficiências no vento fraco, que precisamos corrigir. Em Garda, o vento é sempre de médio para forte. Precisamos fazer uma sessão de treinos com vento mais fraco para ele ficar tão competitivo nessa condição quanto já é no vento médio e forte", afirmou Prada.

Leia tudo sobre: londres 2012robert scheidt

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG