Tamanho do texto

Além de estar bem fisicamente, fraco desempenho do Houston motivou a ideia do corpo técnico em usar mais o pivô

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=esporte%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237860098114&_c_=MiGComponente_C

O fraco desempenho no início de temporada deve fazer com que o Houston Rockets mude de ideia quanto ao uso de Yao Ming. O plano inicial era limitar a participação em quadra do pivô em 24 minutos e não utilizá-lo em dias consecutivos, mas os médicos da equipe acreditam que o chinês está preparado para jogar por mais tempo.

Yao passou por uma cirurgia no pé esquerdo que o afastou de toda a última temporada. Por isso há tanta cautela por parte da franquia com relação ao retorno do jogador, ainda que ele não tenha sentido incômodo algum na região desde que voltou a treinar.

Getty Images
Yao Ming em ação nesta temporada; jogador deverá ser mais usado pelo Houston

A possibilidade de ver a sua participação em quadra aumentar deixa Yao satisfeito. Ele afirma que dessa maneira poderá de fato ajudar o Houston a se recuperar na competição.

O time precisa jogar de maneira consistente, disse. Isso significa que precisa de um quinteto inicial consistente. Um cara que é pivô titular e entra e sai toda hora acaba não ajudando a equipe. Por isso penso que preciso jogar as partidas em dias consecutivos.

A campanha do Houston na temporada aponta cinco derrotas em seis partidas realizadas até o momento. Yao participou de quatro confrontos e soma médias de 12,8 pontos e 6,5 rebotes em 21 minutos por jogo.


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.