Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Wade é poupado de treino novamente, mas segue sem preocupar

Ala-armador não participou das atividades do Heat pelo segundo dia consecutivo. Outros três atletas também não entraram em quadra

iG São Paulo |

Dwyane Wade foi poupado dos treinamentos do Miami Heat pelo segundo dia consecutivo neste domingo, mas segue sem preocupar para o primeiro jogo da final da temporada contra o Dallas Mavericks. Outros três atletas do elenco também não participaram das atividades: o ala-pivô Udonis Haslem e os alas Mike Miller e James Jones.

O treinador Erik Spoelstra voltou a afirmar que o ala-armador não tem lesões e a medida visa apenas garantir a integridade física dos quatro jogadores para as finais. “Nós queremos ter certeza que todos estão saudáveis para entrar nesta disputa e este dia extra foi vantajoso para nós”, afirmou.

Depois de ser o cestinha do Heat na série semifinal contra o Boston Celtics , a produtividade de Wade caiu no confronto contra o Chicago Bulls . Sua média de pontos despencou de 30,2 para 18,8. E, embora tenha recebido tratamento no ombro esquerdo durante a quinta partida das finais de conferência, o atleta garante que sua situação física não preocupa.

“Saúde não teve nada a ver com minhas atuações”, disse o ala-armador. “Eu tive problemas arremessando, mas estava vindo de uma série contra o Celtics em que arremessei muito bem e fiz 30 pontos por noite”.

Miller e Haslem foram desfalques em parte da temporada e, por isso, recebem maior atenção da franquia. O ala tem atuado com um tendão do polegar esquerdo rompido desde abril. Já o ala-pivô ficou cinco meses sem atuar por conta de uma lesão no pé esquerdo e voltou à rotação da equipe apenas na série contra o Bulls.

Há cinco anos, quando Heat e Mavericks decidiram o título da temporada, Wade foi o MVP das finais e saiu com o título. O ala-armador sabe que não tem mais a explosão de anos anteriores, mas acredita que a chave para ser campeão esteja na preparação mental.

“Obviamente, estou cinco anos mais velho e não sou tão rápido e atlético quanto quando tinha 24 anos, mas jogar tantos jogos abala o corpo de qualquer um”, falou. “Neste ponto, a questão é muito mais mental do que física”.

 

Leia tudo sobre: NBAplayoffsMiami HeatDwyane WadeDallas Mavericks

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG