Ala-armador do Miami Heat somou 230 pontos nos seus sete primeiros jogos em decisões. Apenas Michael Jordan e Rick Barry o superam

O desempenho de Dwyane Wade na vitória do Miami Heat sobre o Dallas Mavericks na terça-feira o colocou entre os maiores cestinhas da história das finais da NBA. Com os 22 pontos que anotou, o ala-armador soma 230 pontos ao longo das sete partidas que disputou em decisões.

O feito de Wade impressiona. Tanto que apenas dois outros atletas na história o superam no que diz respeito a pontos marcados ao longo das sete primeiras partidas de finais na carreira: Michael Jordan e Rick Barry.

A primeira vez que Jordan disputou a final foi em 1991. Com suas atuações brilhantes, conduziu o Chicago Bulls ao título. Foram necessários apenas cinco jogos para que a equipe despachasse o Los Angeles Lakers de Magic Johnson e James Worthy.

Jordan somou 156 pontos nestas partidas contra o Lakers. No ano seguinte, o Chicago chegou novamente na decisão. Desta vez, o adversário era o Portland Trail Blazers. O craque marcou 39 pontos em cada um dos dois primeiros jogos da série, que culminaria mais um título para a franquia de Illinois.

Dwyane Wade vibra após cesta na primeira partida da final contra o Dallas Mavericks
Getty Images
Dwyane Wade vibra após cesta na primeira partida da final contra o Dallas Mavericks
Desta maneira, Jordan totalizou 234 pontos ao longo dos sete primeiros jogos de decisão que disputou na carreira. Wade ficou a apenas quatro pontos de igualar o desempenho do ídolo do Bulls. Mas os dois aparecem bem longe de Rick Barry, que lidera a estatística com folga.

Foram nada menos que 269 pontos acumulados por Barry. Em 1967, logo no seu segundo ano como profissional, comandou o San Francisco Warriors (que hoje se chama Golden State Warriors) à decisão. A equipe acabou não resistindo diante do Philadelphia 76ers e perdeu a série por 4 a 2, mas não foi por falta de esforço de Barry. A média de 40,8 pontos por jogo naquela decisão foi recorde na NBA por muito tempo, tendo sido superada apenas em 1993, pelo próprio Michael Jordan.

Barry retornou às finais oito anos depois. Desta vez, teve mais sorte e conquistou o anel de campeão. O Warriors bateu o Washington Bullets (atual Washington Wizards) com facilidade e venceu a série decisiva por 4 a 0.

Veja abaixo o desempenho dos três craques em jogos válidos pelas finais da NBA:

Rick Barry Michael Jordan Dwyane Wade*
Média de pontos
36,3 33,6 32,8*
Partidas disputadas
10 35 7*
Número de vezes que chegou às finais 2 6 2*
Títulos 1 6 1*
MVP das finais 1 6 1*

*Os números de Wade sofrerão alteração no decorrer da série

    Leia tudo sobre: nba
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.