Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Virada sobre o Miami é a segunda maior da história do Orlando

Após ficar 24 pontos atrás do Heat no terceiro quarto, Magic conseguiu reverter e conquistar a vitória no clássico da Flórida

iG São Paulo |

O grande desempenho no segundo tempo da partida contra o Miami Heat na noite desta quinta-feira deu ao Orlando Magic algo que não acontecia há 21 anos. A virada após estar perdendo por 24 pontos é a segunda maior da história da franquia e não acontecia desde 1989.

O Orlando foi para o intervalo em desvantagem de 18 pontos (63 a 45). A parada entre o segundo e o terceiro quarto não deu resultado imediato e rapidamente o Miami colocou 24 de diferença entre as equipes. No entanto, o Magic melhorou especialmente na defesa, e permitiu apenas 33 pontos (mesmo número apenas do segundo período) ao Heat na segunda metade para virar o confronto.

AP
Jameer Nelson tenta a infiltração
O resultado da partida em Miami entrou para a história do Orlando como a segunda maior da franquia. Desde oito de novembro de 1989 quando reverteu um déficit de 25 pontos contra o Cleveland Cavaliers o Magic não tinha uma recuperação tão grande. Nesse período a equipe teve viradas de 23 pontos contra o Charlotte Hornets em 1996 e 22 contra o Phoenix Suns em 2003.

Com 12 de seus 16 pontos no segundo tempo, Jameer Nelson foi um dos destaques da reação da equipe. O armador afirmou após o jogo que não se preocupou com a desvantagem. "Para dizer a verdade, eu nem sabia que estávamos tão atrás", disse ele. "Eu acho que se você não está jogando o seu melhor, você tem que buscá-lo sem se importar com a pontuação".

Foi a 40ª vitória do Orlando em 62 jogos na temporada. O desempenho classifica a equipe em quarto na Conferência Leste. Já o Miami amargou o décimo oitavo revés em 61 partidas e aparece em segundo.
 

Leia tudo sobre: Dwight HowardOrlando MagicJameer NelsonNBA

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG