Atleta possui contrato parcialmente garantido e, se liberado até fim de junho, renderá economia de mais de R$ 22 milhões ao time

Vince Carter deverá se tornar agente livre nos próximos dias. De acordo com Paul Coro, do site do jornal “The Arizona Republic”, o Phoenix Suns vai oficializar a dispensa do jogador até o primeiro dia de julho.

A medida visa economias na folha salarial da franquia. Carter possui um contrato parcialmente garantido e, apesar de ter ordenado de U$ 18 milhões (R$ 28,7 milhões) para a próxima temporada, pode ser dispensado até o fim de junho com o pagamento de apenas U$ 4 milhões (R$ 6,4 milhões). O negócio representa um corte de U$ 14 milhões (mais de R$ 22 milhões) nos gastos do time.

Outra opção possível seria a troca do atleta com uma equipe interessada em diminuir seus gastos, mas Coro diz que a decisão será pela dispensa. “Eles (Phoenix Suns) não trocarão o contrato de Vince Carter”, afirmou.

Carter chegou à equipe do Arizona em dezembro, trocado pelo Orlando Magic juntamente com o pivô polonês Marcin Gortat. Estrela do Toronto Raptors e New Jersey Nets na última década, o ala-armador conhecido por suas incríveis enterradas foi negociado duas vezes desde 2009.

Em 51 partidas disputadas na temporada 2010/11 com a camisa do Suns, o veterano acumulou médias de 13,5 pontos (menor de sua carreira), 3,6 rebotes e 42,2% de aproveitamento nos arremessos de quadra. Apesar do desempenho abaixo de seu normal, Carter alcançou uma marca significativa em 2011: em janeiro, ultrapassou a marca dos 20.000 pontos na carreira.

    Leia tudo sobre: NBA
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.