Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Três partidas movimentam a NBA nesta quinta e Splitter pode jogar

Brasileiro teve grande atuação na quarta-feira e pode ganhar minutos em quadra contra o Magic. Bucls pega Kings e Suns encara Heat

iG São Paulo |

A rodada desta quinta-feira é curta, apenas três jogos, mas com a possibilidade de um brasileiro ir para quadra.

O San Antonio Spurs en

undefined
Tiago Splitter pode ganhar mais minutos em quadra
frenta o Orlando Magic fora de casa às 23h, horário de Brasília. O Spurs quer chegar a décima primeira vitória consecutiva, e o pivô Tiago Splitter quer repetir a boa atuação que teve na quarta-feira. Na vitória sobre o Denver Nuggets, de Nenê Hilário, o brasileiro foi bem: 21 minutos em quadra para 12 pontos e nove rebotes.

O Magic quer entrosar suas novas aquisições como Gilbert Arenas e Hedo Turkoglu e recuperar-se de uma série muito ruim. O time venceu apenas duas das últimas dez partidas disputadas. Antes dessa má sequência, a equipe da Flórida havia perdido apenas um de dez jogos, justamente para o San Antonio, no dia 22 de novembro.

Na ocasião, Splitter também vinha de uma grande apresentação contra o time de um compatriota. O atleta havia marcado 18 pontos em 26 minutos contra o Cleveland Cavaliers de Anderson Varejão. No entanto, contra Orlando jogou apenas dez segundos e cometeu uma falta.

A partida desta quinta-feira será transmitida ao vivo pelo Space.

undefined
Milwaukee Bucks venceu o atual campeão e agora enfrenta o pior time da liga
O Milwaukee Bucks visita o Sacramento Kings à 1h. O Bucks vem de uma surpreendente vitória sobre o atual campeão, Los Angeles Lakers, no Staples Center, casa do adversário, e quer manter a boa forma contra o Kings, que tem a pior campanha da NBA.

A defesa do Milwaukee é uma das melhores da liga, cedendo uma média de 93,1 pontos. Essa qualidade que levou o Lakers a fazer a sua pior pontuação nesta temporada: 79 pontos, contra 98 da equipe de Wisconsin, que assim como nesta quinta, já não contou com Brandon Jennings, cestinha da franquia com 17,9 pontos por jogo. O armador deve ficar de fora ao menos até o fim de janeiro.

O Kings, pior time da NBA, encara uma série de seis derrotas seguidas e venceu apenas uma das últimas dez disputas. Em casa a equipe ganhou apenas três vezes em 12 oportunidades.

“A NBA tem essa linha e quando você acha que não pode mais piorar, então a situação piora ainda mais”, lamentou o treinador do Sacramento, Paul Westphal. “A gente não consegue terminar as partidas. Nossos últimos quartos são sempre horríveis e nós precisamos corrigir isto, ou vamos continuar a perder”.

undefined
Steve Nash está otimista para pegar o Miami Heat
À 1h30 o Phoenix Suns recebe o Miami Heat e com a estreia de alguns dos novos reforços espera superar o “big three” da Flórida: LeBron James, Dwyane Wade e Chris Bosh.

“A gente está otimista para este jogo”, disse o armador Steve Nash, principal jogador do Suns. “Temos muitos novos jogadores chegando e eles devem nos dar mais defesa e possibilidade para anotar pontos. Devemos ser um time melhor”.

Marcin Gortat, um dos recém chegados a Phoenix, tem uma missão difícil pela frente: parar Bosh, que tem médias de 28,1 pontos e 11,7 rebotes. O ala-pivô teve um começo considerado fraco no Heat, anotando 14,5 pontos e seis rebotes por jogo. No entanto, o atleta embalou justamente depois de enfrentar o Suns no dia 17 de novembro.

Bosh marcou 35 pontos e o Miami venceu por 123 a 96. É pensando neste retrospecto que o time da Flórida quer se recuperar de mais uma derrota para o Dallas Mavericks, na última segunda-feira, que encerrou a série de nove vitórias consecutivas

Leia tudo sobre: NBA;

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG