Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Time de Huertas perde para Barcelona e fica fora da final

Caja Laboral foi derrotado pela equipe catalã que irá decidir a Copa do Rey no clássico contra o Real Madrid

João Henrique Olegario, IG São Paulo |

O Barcelona levou a melhor sobre o Caja Laboral, time do brasileiro Marcelinho Huertas, e está na decisão da Copa do Rey da Espanha. O time catalão venceu por 92 a 73 e agora encara o Real Madrid na final da competição.

EFE
Navarro, do Barcelona, foi o nome do jogo
Huertas não fez muitos pontos. Foram apenas quatro nos 24 minutos em que ficou em quadra. No entanto, o armador brasileiro distribuiu dez assistências na partida. O desempenho foi ofuscado pelo espanhol Juan Carlos Navarro, ex-jogador do Memphis Grizzlies. O armador do Barcelona foi o grande nome do duelo com 26 pontos. O atleta converteu oito de seus nove arremessos e colaborou com três bolas de três.

Outra chave para a vitória do Barcelona foi o aproveitamento ofensivo. O time catalão converteu 62% de suas tentativas contra apenas 49% da equipe de Huertas. O Caja Laboral teve problemas no ataque logo no começo do jogo. Com apenas 11 pontos na parcial inicial, o armador brasileiro e seus companheiros permitiram dez de vantagem ao rival após o primeiro período.

O Caja Laboral esboçou uma reação e venceu o segundo quarto por 25 a 18, indo para o intervalo apenas três pontos atrás no marcador (39 a 36). No entanto, o ataque voltou a falhar no começo do segundo tempo e o Barcelona recolocou a vantagem em dois dígitos.

O período final foi o melhor da produção ofensiva do Barcelona. Foram 30 pontos no último quarto. Com o desempenho, o time catalão evitou qualquer tipo de reação do Caja Laboral e se garantiu na final.

O rival do Barcelona na decisão será o Real Madrid. O time da capital espanhola superou o Valência por 69 a 59 e também se garantiu na final da Copa do Rey. O desempenho da dupla evidencia o domínio de ambos no basquete espanhol no momento. As duas equipes lideram a Liga ACB (campeonato nacional) com 17 vitórias em 20 jogos e quatro triunfos de vantagem para o terceiro lugar, o Blancos de Rueda.

 

Leia tudo sobre: Caja LaboralMarcelinho HuertasJC Navarro

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG