Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Tiago Splitter passa em branco em nova vitória do San Antonio

Equipe do brasileiro vence a vigésima partida na temporada regular e segue com a melhor campanha da NBA

iG São Paulo |

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=esporte%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237882568253&_c_=MiGComponente_C

O San Antonio Spurs venceu mais uma na temporada. Com Tiago Splitter em quadra apenas nos minutos finais, equipe superou o Portland Trail Blazers por 95 a 78, conquistou o quinto triunfo consecutivo e manteve a melhor campanha da NBA.

Splitter voltou a ter participação nula no triunfo de sua equipe. Dois dias após atuar apenas dois minutos na vitória do Spurs sobre o Atlanta Hawks, o brasileiro entrou apenas no final da partida quando o treinador Gregg Popovich poupou os titulares. O pivô jogou apenas três minutos e errou o único arremesso que fez.

Sem uma boa atuação de Splitter, os outros reservas tiveram atuações destacada neste domingo. O jovem armador George Hill foi o cestinha da equipe com 22 pontos e ajudou a equipe a vencer a batalha dos suplentes por 42 a 18.

AP
Marcado por Wesley Matthews, Manu Ginobili tenta jogada
 

Foi a vigésima vitória do Spurs. O time de San Antonio é o primeiro a registrar a marca na temporada. Com apenas três tropeços, a equipe tem a melhor campanha entre as 30 equipes do campeonato.


O jogo

O San Antonio dominou as ações no primeiro quarto. Com oito pontos de Manu Ginobili e mais oito de Tony Parker, o Spurs se impôs e venceu a parcial por 26 a 17.

O equilíbrio imperou no segundo período. No entanto, as equipes assumiram posturas diferentes. O Blazers atuou de forma coletiva. O time teve sete jogadores diferentes pontuando na parcial. Já o Spurs contou com a ótima produção de George Hill. O atleta fez 11 pontos e ajudou a equipe a ir para o vestiário com 50 a 40 no placar.

A situação permaneceu equilibrada na volta do intervalo. O Spurs venceu a terceira parcial por 23 a 21 e aumentou a diferença no placar para 12 pontos (73 a 61).

Mais equilibrado, o Spurs conseguiu abrir 18 pontos (90 a 72) de vantagem no período final. Com a partida definida, o treinador Popovich descansou os titulares. Splitter entrou em quadra pela primeira vez e tudo o que conseguiu foi um erro de ataque além de desperdiçar um lance livre.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG