Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Tiago Splitter anota sete pontos na vitória do San Antonio Spurs

Brasileiro esteve em quadra por 15 minutos e ajudou a equipe do Texas a derrotar o Phoenix Suns fora de casa

iG São Paulo |

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=esporte%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237861855962&_c_=MiGComponente_C

San Antonio Spurs e Phoenix Suns fizeram uma partida bastante equilibrada, decidida apenas nos instantes finais. Mesmo atuando como visitante, o time texano comemorou a vitória por 112 a 110, na segunda partida de Tiago Splitter na NBA.

O pivô brasileiro teve participação um pouco maior neste jogo. Esteve em quadra por 15 minutos e anotou sete pontos, além de ter capturado três rebotes. Dos seis arremessos de quadra que tentou, acertou metade.

AP
Craque: Tim Duncan teve excelente desempenho pelo San Antonio Spurs

Um dos principais responsáveis pela vitória do San Antonio foi o ala Richard Jefferson, que marcou 18 dos seus 28 pontos no último período. O cestinha do jogo acertou nove dos seus 13 tiros de quadra. A apresentação do ala-pivô Tim Duncan foi ainda mais impressionante: foram 25 pontos, 17 rebotes e três tocos ¿ apesar dos seis desperdícios.

Do lado do Phoenix, destaque para o armador Steve Nash, que registrou 19 pontos, sete assistências e seis rebotes. O ala-pivô reserva Hakim Warrick teve a mesma pontuação. Já o ala-armador Jason Richardson somou 21 pontos.

Os visitantes atingiram um índice de acerto altamente satisfatório nos arremessos de quadra: foram 54,5% tiros convertidos. Por outro lado, foram 23 desperdícios de posse de bola, dez a mais do que o rival.

As duas equipes se revezaram na liderança do marcador 23 vezes ao longo da noite, o que retrata o equilíbrio que tomou conta da partida. O primeiro tempo terminou empatado em 50 pontos, e o placar seguiu apertado na volta dos vestiários.

O Spurs ameaçou disparar quando Jefferson acertou três cestas de três pontos consecutivas, com cerca de seis minutos para o fim da partida. Mas o Suns anotou nove pontos consecutivos e retomou a liderança (106 a 103), restando três minutos.

Os visitantes voltaram a responder: marcaram seis pontos seguidos e abriram 111 a 106. Dessa vez, o Phoenix não conseguiu reagir, pois o relógio apontava menos de 20 segundos para o encerramento da partida. Não houve tempo para o time da casa evitar a derrota.

Leia tudo sobre: basquete - nba

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG