Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Thibodeau surpreende ao deixar Boozer fora do último quarto

Ala-pivô não participou do final do terceiro e nem do quarto período inteiro, na derrota do Bulls para o Nets

iG São Paulo |

Tom Thibodeau, treinador do Chicago Bulls, surpreendeu não apenas torcedores e jornalistas, mas também seus jogadores. Ele deixou Carlos Boozer no banco durante os 14 minutos finais da derrota por 96 a 94 para o New Jersey Nets.

“Sim, nós ficamos muito surpresos”, disse o armador Derrick Rose, uma das estrelas do time. “Nós não vamos dar uma de técnico. Vamos entrar na quadra e fazer o melhor do nosso trabalho, que é jogar. Substituições e orientações, isso fica por conta do Thibodeau”.

Para Tom, a decisão de deixar Boozer no banco veio por causa do sistema de marcação do Nets, que não favorecia o jogo do ala-pivô.

“A gente estava muito atrás no placar e eles marcando em zona”, disse o treinador. “O time que foi para a quadra com Luol Deng na posição quatro, era mais efetivo, pois tinha um jogador a mais dentro do garrafão. Nós diminuímos a diferença e até empatamos o jogo, apenas continuei com o grupo que estava indo bem”.
 

Leia tudo sobre: Chicago Bulls

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG