Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Técnico pune atletas e Pistons perde para Sixers

John Kuester deixou de fora jogadores como Rodney Stuckey e Tracy McGrady, punidos por faltarem no treino e equipe perdeu mais uma

iG São Paulo |

Getty Images
Will Bynum sofre com marcação de Iguodala e Jrue Holiday
Muitos jogadores do Detroit Pistons faltaram ao treino de arremessos desta sexta-feira. Irritado, o técnico John Kuester resolveu puni-los e deixá-los no banco. Parece, porém, que quem sofreu a punição foi o torcedor do Detroit.

A equipe usou apenas seis jogadores, deixou de lado atletas como Tayshaun Prince, que reclamou de dores no estomago, Tracy McGrady, Ben Wallace e Rodney Stuckey e acabou derrotada pelo Philadelphia 76ers por 110 a 94.

Will Bynum foi o destaque dos não punidos e anotou 29 pontos. Charlie Vilanueva colaborou com mais 17. Ben Gordon e Greg Monroe marcaram 16 pontos cada. Monroe ainda apanhou 11 rebotes.

Pelo Sixers, o melhor pontuador foi Thaddeus Young com 24 pontos. Andre Iguodala chegou perto de um “triple-double” com 21 pontos, 11 assistências e sete rebotes. Elton Brand teve uma ótima apresentação com 20 pontos e 17 rebotes.

O Philadelphia comandou a partida desde o inicio contra um enfraquecido Pistons. A equipe não ficou atrás no marcador em nenhum momento.

John Kuester, porém, ficou orgulhoso de seus jogadores e não confirmou se a punição será mantida para a partida de sábado, contra o Utah Jazz.

“Eles jogaram com brio, garra, deram suas vidas na quadra e eu estou orgulhoso por isso”, disse o treinador, que não assistiu o último quarto após ser expulso com duas faltas técnicas. “No meu time é assim, vai jogar quem quiser treinar também”.
 

Leia tudo sobre: NBADetroit PistonsPhiladelphia 76ers

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG