Mike D’Antoni pediu demissão do time de Nova Iorque após quatro anos no comando da equipe

Mike D’Antoni não é mais técnico do New York Knicks
Getty Images
Mike D’Antoni não é mais técnico do New York Knicks
O norte-americano Mike D’Antoni pediu demissão do cargo de treinador do New York Knicks, nesta quarta-feira. O técnico estava em seu quarto ano de contrato com a franquia da NBA e seu posto deve ser ocupado até o fim da temporada pelo assistente Mike Woodson.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

Os Knicks perderam seus últimos seis jogos na temporada e brigam pela última e oitava vaga da Conferência Leste nos playoffs da NBA. A equipe tem 18 vitórias e 24 derrotas e duela pelo posto com o Milwaukee Bucks, dono de uma campanha com os mesmos números.

Leia mais: Bynum e Bryant lideram Lakers em vitória sobre Memphis Grizzlies

No início de fevereiro, o time viveu um momento de prosperidade, guiado pelas boas atuações do armador de ascendência taiwanesa Jeremy Lin. Em nove jogos, foram oito vitórias e um revés e o fenômeno passou a ser chamado pela mídia norte-americana de Linsanity (Linsanidade, em tradução livre), mas as boas fases do jogador e da equipe acabaram.

Confira ainda: Wade força prorrogação, mas Heat cai diante do Orlando Magic

Um dos problemas de Mike D’Antoni nos Knicks era a relação com o armador Carmelo Anthony, que estava contundido durante a boa sequência de triunfos do time. Os dois divergem do estilo de jogo que deve ser adotado quando a equipe tem a posse de bola e o jogador chegou a ser cogitado para uma troca.

O New York Knicks enfrenta nesta quarta-feira o Portland Trail Blazers, em partida que deve marcar a estreia de Mike Woodson no comando do time.

    Leia tudo sobre: nba
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.