Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Spurs vence Hawks fora de casa e mantém melhor campanha da NBA

Equipe texana venceu Atlanta, que não contou com Josh Smith. Charlotte é surpreendido por Cleveland e se complica

iG São Paulo |

Espantando de vez o mau momento, o San Antonio Spurs derrotou, fora de casa, o Atlanta Hawks, por 97 a 90 e se manteve com a melhor campanha da NBA. Já com vaga garantida nos playoffs, o Hawks não contou com um de seus principais jogadores, Josh Smith. O brasileiro Tiago Splitter não entrou em quadra.

O Spurs tem campanha de 59 e 19 derrotas, três jogos à frente do vice-líder da Conferência Oeste, Los Angeles Lakers. O Hawks é o quinto colocado da Conferência Leste, com 44 vitórias e 34 derrotas.

No primeiro quarto, mesmo com um bom aproveitamento dos arremessos, as duas equipes efetuaram poucos arremessos de quadra, o que explica o baixo placar de 21 a 16 para os donos da casa. Jamal Crawford foi o grande destaque do quarto, com sete pontos, acertando todos os arremessos de quadra que tentou.

Atlanta fortaleceu sua defesa no início do segundo período, incluindo uma marcação quadra inteira. Nos primeiros quatro minutos, a vantagem foi ampliada para oito pontos, 32 a 24, forçando três erros de ataque consecutivos do Spurs. O Hawks mantinha a liderança, com o Spurs chegando perto em vários momentos, mas sem conseguir empatar ou virar. Nos minutos finais, com um 12 a 4, os visitantes conseguiram ir aos vestiários perdendo por apenas 46 a 43.

O Spurs manteve o bom momento no terceiro quarto, não demorando a alcançar a virada, 53 a 52. Atlanta continuava a batalhar, mas encontrava dificuldades para pontuar, pois San Antonio marcava bem seus principais arremessadores. O equilíbrio no placar se manteve até o fim do quarto, mas, diferentemente dos anteriores, San Antonio terminou à frente, com 66 a 65 no placar.

No último quarto, Atlanta sentiu a falta de seu melhor marcador e sucumbiu diante do forte perímetro do Spurs. A dupla de armadores Tony Parker e George Hill, junto com o ala-armador Manu Ginóbili, combinou para 22 dos 31 pontos do Spurs no quarto. Tim Duncan e Dajuan Blair se impuseram sobre o enfraquecido garrafão de Atlanta. Dessa forma, o Hawks não mais alcançou os visitantes no marcador, com a desvantagem chegando até dez pontos no fim do quarto.

Parker, do Spurs, foi o cestinha do jogo, com 26 pontos. Também por San Antonio, Ginóbili e Duncan tiveram 18 e 17, respectivamente, e Hill teve 13. Pelo Hawks, Joe Johnson, muito mal no aproveitamento dos arremessos (39,1%), foi o cestinha, com 21 pontos, seguido de Crawford, com 20, e Kirk Hirinch, com 13.

Cleveland surpreende e complica ainda mais a vida de Charlotte

Ainda em busca da oitava e última vaga para os playoffs da Conferência Leste, o Charlotte Bobcats, sem Stephen Jackson, visitou o lanterna da conferência, Cleveland Cavaliers, e sofreu a terceira derrota seguida, por 99 a 89.

Agora, o time da Carolina do Norte tem 32 vitórias e 45 derrotas e depende mais do que nunca de tropeços do Indiana Pacers, oitavo colocado, para ir à pós-temporada. Em compensação, o Cavaliers tem a pior campanha da liga, com 16 vitórias e 61 derrotas.

Pelo Cavs, J.J. Hickson teve ótima apresentação, com um "double-double" de 16 pontos e 19 rebotes. Seu companheiro Ramon Sessions foi o cestinha do time, com 18 pontos, e o pivô Ryan Hollins teve 16 pontos.

O armador D.J. Augustin, do Bobcats, foi o cestinha da partida, com 22 pontos, além de oito assistências. Gerald Henderson teve 15 pontos e Dante Cunningham teve um "double-double", com dez pontos e 11 rebotes.

Leia tudo sobre: nbaspurshawksbobcatscavaliers

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG