Treinador do Miami Heat reclamou dos erros ofensivos cometidos pela equipe no revés que igualou a série da final da NBA

Spoelstra quer avanço ofensivo no Miami
Getty Images
Spoelstra quer avanço ofensivo no Miami
Erik Spoelstra não está remoendo a derrota sofrida para o Dallas Mavericks no jogo dois das finais da NBA. O treinador do Miami Heat afirmou que viu poucas vezes o vídeo da derrota sofrida por 95 a 93 na última quinta-feira e reclamou dos erros cometidos por seus jogadores na reta final do confronto.

Após vencer o primeiro jogo da final, o Miami amargou uma virada histórica . O time da Flórida chegou a ter 15 pontos de vantagem sobre o Dallas no último período. No entanto, o Heat não conseguiu manter o conforto no marcador e viu o rival virar e empatar a série em 1 a 1.

"Poucas, poucas vezes", disse Spoesltra quando perguntado sobre ter revisto a partida da última quinta-feira. "Tudo está bem destacado na nossa mente. Tivemos boas oportunidades, mas fizemos escolhas muito pobres no nosso ataque. Temos que dar crédito ao Dallas, mas se fizéssemos algumas das chances que poderíamos ter feito, teríamos mudado a aparência do jogo".

O Miami fez apenas cinco pontos nos últimos sete minutos do jogo. A equipe errou três das quatro tentativas que fez em tiros de três pontos. O Heat ainda conseguiu pegar três rebotes ofensivos no trecho, mas não conseguiu produzir pontos nas segundas chances.

"Nós temos sido capazes de fechar os jogos", disse o treinador. "É um problema pouco comum para nós. Não tem sido uma característica nossa nos últimos três ou quatro meses. Nós perdemos arremessos abertos. Eles (Dallas) não".

O Heat tem a chance de se recuperar neste domingo. A franquia da Flórida fará seu primeiro jogo como visitante na série melhor de sete que define o campeão desta temporada. A equipe encara o Dallas às 21h de Barsília. Se conseguir pelo menos um triunfo em Dallas , o time comandado por Spoelstra garante o retorno do confronto para Miami.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.