Tamanho do texto

Santo André e Catanduva disputam vaga na final da competição. Time do ABC tem vantagem de mando de quadra

Santo André e Catanduva iniciam a série semifinal melhor de três dos playoffs do Campeonato Paulista Feminino na noite desta quarta-feira. O jogo acontece às 20h de Brasília, no interior paulista.

Divulgação
Ariadna Felipe, cestinha do Paulista Feminino
O time do ABC tem a vantagem de mando de quadra por ter terminado a fase de classificação com a segunda melhor campanha geral (cinco vitórias e três derrotas). Catanduva acabou na terceira colocação, com quatro vitórias e quatro derrotas.

Para o técnico Edson Ferreto, de Catanduva, a equipe do interior está superando expectativas e pronta para surpreender. “O Santo André entra na série como favorito, mas temos condição de surpreender, já que renovamos a equipe para esta competição”, disse. “Com uma vitória neste primeiro jogo em casa, podemos avançar, já que passaremos a pressão ao adversário”.

Uma vitória na abertura do confronto também é o pensamento da treinadora Laís Elena, de Santo André: “Será um jogo difícil, mas o time está preparado para enfrentar as adversidades e lutar pela vitória fora de casa”.

Durante a fase de classificação, as equipes se enfrentaram duas vezes e fizeram valer seus mandos de quadra. No primeiro turno, Catanduva venceu por 75 a 67 . No segundo turno, em disputa direta pela segunda posição, deu Santo André por 84 a 82 .

A semifinal reúne também as duas principais cestinhas da competição. A cubana Ariadna Felipe, de Santo André, é a maior anotadora do torneio com média de 17,75 pontos por jogo. Logo atrás, vem Gil Justino, de Catanduva, com média de 15, 33 pontos.

O time vencedor do confronto entre Santo André e Catanduva disputa a final contra o classificado da série entre Americana e Ourinhos, que começou na noite desta terça-feira. Mantendo a invencibilidade na competição, Americana venceu fora de casa por 73 a 47 .

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.