Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Sem Tony Parker, San Antonio é batido com facilidade pelo Memphis

Desfalcado do seu armador titular, o Spurs não conseguiu acompanhar o forte ritmo do Grizzlies. Tiago Splitter teve boa atuação

iG São Paulo |

Nesta terça-feira, na primeira partida sem poder contar com o lesionado armador Tony Parker, o San Antonio Spurs foi superado fora de casa pelo Memphis Grizzlies por 109 a 93. Após mais de duas semanas afastado, Tiago Splitter voltou a jogar e teve bom desempenho: o pivô brasileiro marcou sete pontos e pegou seis rebotes em 15 minutos.

O principal anotador do San Antonio na partida foi o ala-armador calouro Gary Neal, que saiu do banco e fez 14 pontos. Foi o único atleta do time que atingiu os dois dígitos de pontuação.

O ala-pivô Tim Duncan fez nove pontos e pegou oito rebotes. O ala-armador argentino Manu Ginobili marcou os mesmos nove pontos e distribuiu sete assistências. Já George Hill, que substituiu Tony Parker no quinteto inicial, registrou seis pontos e quatro assistências.

Quem comandou a vitória do Memphis foi o ala-pivô Zach Randolph, dono de 21 pontos, dez rebotes, cinco assistências e quatro roubos de bola. O pivô reserva Darrell Arthur também anotou 21 pontos e apanhou oito rebotes. Já o armador Mike Conley somou 18 pontos e nove assistências.

A boa pontaria foi um dos fatores determinantes para que a equipe da casa saísse de quadra com a vitória: o aproveitamento nos arremessos foi de 52,8%, contra um índice de acerto de apenas 44,2% do Spurs. Além disso, o Grizzlies forçou o rival a um número bem maior de desperdícios de posse de bola (21 a 12).

Os mandantes já ameaçavam disparar no marcador no início do confronto, quando engataram uma sequência de oito pontos consecutivos e abriram 22 a 14 depois de oito minutos jogados. Mas Manu Ginobili manteve o Spurs no jogo: o argentino fez todos os seus nove pontos no primeiro quarto, que terminou com o time texano apenas dois pontos atrás (32 a 30).

A partir do segundo período, o Memphis passou a se distanciar cada vez mais dos visitantes. A diferença chegou aos dois dígitos logo no princípio do terceiro quarto e atingiu seu ápice quando restavam pouco mais de nove minutos para o fim do combate, depois que dois lances livres de Darrell Arthur deram 25 pontos de superioridade à equipe local (92 a 67).

O Spurs até conseguiu diminuir um pouco a distância em relação ao seu adversário, mas nada que ameaçasse a tranquila vitória do Grizzlies.

Leia tudo sobre: san antonio spursnbamemphis grizzlies

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG