Tamanho do texto

Lesionado, Tiago Splitter não disputará jogo entre novatos e segundo anistas. Veja a programação das três noites de festa em Orlando

A temporada da NBA faz uma pausa neste final de semana para a realização do “All-Star Weekend”. Nas próximas três noites, as principais estrelas da liga estarão reunidas em Orlando para a maior festa do basquete norte-americano. O evento, que terá transmissão para o Brasil da ESPN, começa nesta sexta-feira às 22h (de Brasília) com um jogo de exibição envolvendo celebridades e ex-atletas. Mas a atração principal vem na sequência: a partida entre novatos e segundo anistas, o “Rising Stars”, cujo início está marcado para a meia-noite.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Tiago Splitter: Estiramento na panturrilha impede participação do brasileiro no
Getty Images
Tiago Splitter: Estiramento na panturrilha impede participação do brasileiro no "All-Star Weekend"

As boas atuações pelo San Antonio Spurs em seu segundo ano como profissional na liga renderam a Tiago Splitter a convocação para o “Rising Stars”. Mas um estiramento na panturrilha impossibilitou a participação do pivô e deixou o Brasil sem representantes no “All-Star Weekend”. Para o seu lugar, foi chamado o ala Derrick Favors, do Utah Jazz.

Leia mais sobre basquete no blog do Fábio Sormani

Enquanto Splitter é desfalque, Jeremy Lin tem presença confirmada no confronto dos novatos e segundo anistas. Sensação da liga nas últimas semanas, o armador ficou de fora lista de convocados divulgada pela NBA no início do mês. Mas o bom desempenho com a camisa do New York Knicks, aliado ao impacto que causado por ele fora das quadras, forçou a NBA a encontrar um jeito de fazer com que o californiano de ascendência asiática participasse do evento.

A partida traz uma mudança no seu formato em relação às edições anteriores. Ao invés do confronto entre novatos e segundo anistas, os 20 atletas foram misturados e divididos em dois times, gerenciados por Shaquille O’Neal e Charles Barkley – estrelas do passado da NBA e que trabalham atualmente como comentaristas.

Veja também: Jordan denuncia marca chinesa por uso irregular do seu nome

Outros dois comentaristas atuarão como treinadores nesta partida. Quatro vezes campeão da NBA na década de 1990 defendendo Chicago Bulls e San Antonio Spurs, Steve Kerr será o comandante do time de Shaq ao lado de Ron Adams – assistente técnico do Bulls. Já a equipe de Barkley contará com Mike Fratello, que foi treinador na NBA por 16 temporadas, e Maurice Cheeks – auxiliar do Oklahoma City Thunder.

Não é a primeira vez que a fórmula do jogo dos recém-ingressados na liga sofre alteração. Até o final da década de 1990, o evento contava apenas com a participação dos calouros, que eram divididos de acordo com as conferências dos times pelos quais atuavam – nos mesmos moldes do “All-Star Game”.

E mais: Seleção norte-americana revela uniforme olímpico

A festa terá sequência no sábado, a partir das 23h30, com a realização de quatro competições. A primeira delas é o “Shooting Stars”, na qual quatro trios – formados por um jogador do presente, um do passado e uma atleta da liga feminina – correm contra o relógio para acertar arremessos de diferentes posições da quadra no menor tempo possível.

Em seguida, tem o desafio de habilidades e a disputa nos arremessos de três pontos. Por fim, a competição individual mais aguardada do “All-Star Weekend”: o campeonato de enterradas. Vencedor no último ano, o ala-pivô Blake Griffin , do Los Angeles Clippers, optou por não defender o título conquistado. Os quatro competidores deste ano são estreantes, colocando assim um ponto de interrogação na cabeça dos torcedores com relação ao nível do espetáculo.

Leia também: Por teto salarial da WNBA, Iziane deve ficar de fora das Olimpíadas de Londres

Encerrando o final de semana festivo em Orlando, as estrelas do Leste e do Oeste medem força a partir das 21h30. Eleito o MVP da última edição, Kobe Bryant foi chamado para participar do evento pela 14ª vez na carreira. Dentre os jogadores que ainda estão em atividade, ele é o recordista em convocações ao lado de Kevin Garnett - deixado de fora neste ano.

Veja ainda: Após 15 anos, "All-Star Game" não contará com Tim Duncan ou Kevin Garnett

Comandante do time de melhor campanha da liga, o Oklahoma City Thunder, Scott Brooks dirigirá as estrelas do Oeste. No Leste, o treinador será Tom Thibodeau, do Chicago Bulls, que liderava a conferência até a última semana, quando a NBA anunciou as escalações.

Confira a programação completa do "All-Star Weekend" e os participantes de cada evento:

SEXTA-FEIRA

Jogo das Celebridades: os cantores Ne-Yo e J. Cole; os atores Common, JB Smoove, Vinny Guadagnino, Kevin Hart, Javier Colon, Drew e Jonathan Scott e Jesse Williams; os ex-jogadores Mitch Richmond, Penny Hardaway e Nick Anderson; a estrela da WNBA Tamika Catchings e o comentarista da ESPN norte-americana Doug Gottlieb.

“Rising Stars”
Time de Shaquille O’Neal: Blake Griffin (Los Angeles Clippers), Jeremy Lin e Landry Fields (New York Knicks), Ricky Rubio (Minnesota Timberwolves), Greg Monroe e Brandon Knight (Detroit Pistons), Markieff Morris (Phoenix Suns) , Kemba Walker (Charlotte Bobcats), Norris Cole (Miami Heat) e Tristan Thompson (Cleveland Cavaliers).
Time de Charles Barkley: Kyrie Irving (Cleveland Cavaliers), DeMarcus Cousins (Sacramento Kings), Paul George (Indiana Pacers), Derrick Williams (Minnesota Timberwolves), MarShon Brooks (New Jersey Nets), John Wall (Washington Wizards), Gordon Haywood e Derrick Favors (Utah Jazz), Kawhi Leonard (San Antonio Spurs) e Evan Turner (Philadelphia 76ers).

SÁBADO

“Shooting Stars”
Trio Orlando: Jameer Nelson, Marie-Ferdinand-Harris e Dennis Scott
Trio Atlanta: Jerry Stackhouse, Lindsey Harding e Steve Smith
Trio New York: Landry Fields, Cappie Pondexter e Allan Houston
Trio Texas: Chandler Parsons, Sophia Young e Kenny Smith

Desafio de Habilidades: Rajon Rondo (Boston Celtics), Tony Parker (San Antonio Spurs), Kyrie Irving (Cleveland Cavaliers), John Wall (Washington Wizards), Russell Westbrook (Oklahoma City Thunder) e Deron Williams (New Jersey Nets).

Campeonato de Três Pontos: James Jones e Mario Chalmers (Miami Heat), Kevin Love (Minnesota Timberwolves), Ryan Anderson (Orlando Magic), Anthony Morrow (New Jersey Nets) e Kevin Durant (Oklahoma City Thunder).

Campeonato de Enterradas: Derrick Williams (Minnesota Timberwolves), Paul George (Indiana Pacers), Jeremy Evans (Utah Jazz) e Chase Budinger (Houston Rockets).

DOMINGO

“All-Star Game”

Conferência Leste
Titulares: Derrick Rose (Chicago Bulls), Dwyane Wade e LeBron James (Miami Heat), Carmelo Anthony (New York Knicks) e Dwight Howard (Orlando Magic).
Reservas: Chris Bosh (Miami Heat), Luol Deng (Chicago Bulls), Roy Hibbert (Indiana Pacers), Andre Iguodala (Philadelphia 76ers), Paul Pierce e Rajon Rondo* (Boston Celtics) e Deron Williams (New Jersey Nets).
Técnico: Tom Thibodeau (Chicago Bulls)

*Escolhido para substituir o lesionado Joe Johnson (Atlanta Hawks)

Conferência Oeste
Titulares: Chris Paul e Blake Griffin (Los Angeles Clippers), Kobe Bryant e Andrew Bynum (Los Angeles Lakers) e Kevin Durant (Oklahoma City Thunder).
Reservas: LaMarcus Aldridge (Portland Trail Blazers), Marc Gasol (Memphis Grizzlies), Kevin Love (Minnesota Timberwolves), Steve Nash (Phoenix Suns), Dirk Nowitzki (Dallas Mavericks), Tony Parker (San Antonio Spurs) e Russell Westbrook (Oklahoma City Thunder).
Técnico: Scott Brooks (Oklahoma City Thunder)

    Leia tudo sobre: nba