Gripado, pivô brasileiro desfalcou Nuggets, que foi derrotado em casa. Também como visitante, Minnesota ganhou do New Orleans

Mesmo com atuação brilhante de Carmelo Anthony, dono de 50 pontos e 11 rebotes, o Denver Nuggets foi superado dentro de casa pelo Houston Rockets por 108 a 103 nesta segunda-feira. O time do Colorado não contou com o pivô brasileiro Nenê Hilário, fora de combate por conta de uma gripe.

Carmelo igualou nesta noite a maior pontuação da carreira. O astro já havia anotado 50 pontos uma vez: no dia 27 de novembro de 2009, durante uma vitória do Nuggets sobre o New York Knicks.

O armador Ty Lawson saiu do banco e também teve boa participação: 19 pontos, seis rebotes e cinco assistências. Já Al Harrington, que substituiu Nenê no quinteto inicial, anotou dez pontos e pegou sete rebotes.

O principal responsável pela vitória do Houston foi o ala-armador Kevin Martin, cuja atuação aponta 37 pontos, sete assistências e quatro rebotes. Outro atleta que apareceu bem pela equipe texana foi o ala-pivô Luis Scola, com 25 pontos e oito rebotes.

O desempenho nas bolas de três fez a diferença em favor do Rockets. Foram nove bolas de longa distância convertidas durante o jogo, ao passo que o Nuggets acertou somente três.

Carmelo Anthony acerta rosto de Luis Scola
AP
Carmelo Anthony acerta rosto de Luis Scola
Depois de o Denver começar melhor o confronto, o Houston passou à frente no segundo período e foi para os vestiários dois pontos à frente (52 a 50). Com uma defesa bastante eficiente, que limitou o rival a apenas 16 pontos no terceiro quarto, os texanos conseguiram estender a superioridade para os dois dígitos.

Carmelo fez de tudo para evitar a derrota do Nuggets, que entrou no último quarto perdendo por (81 a 66). O ala anotou incríveis 21 pontos ao longo dos 12 minutos derradeiros da partida e até ajudou a equipe a voltar a se aproximar no marcador. Mas não foi o suficiente para tomar o resultado positivo do Rockets, que chegou ao seu terceiro triunfo consecutivo nesta noite.

Minnesota bate New Orleans

Outro visitante que se deu bem nesta segunda-feira foi o Minnesota Timberwolves, que conquistou uma surpreendente vitória sobre o New Orleans Hornets por 104 a 92 comandado por mais uma ótima exibição do ala-pivô Kevin Love.

O representante do Minnesota no “All-Star Game” adicionou mais um “double-double” para sua coleção ao somar 27 pontos e 17 rebotes. O grande destaque do New Orleans também estará no jogo das estrelas: Chris Paul, armador que será titular do Oeste no evento, fez 17 pontos, deu 13 assistências e pegou seis rebotes.

    Leia tudo sobre: nba
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.