Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Sem Ginobili e Splitter, Spurs perde primeiro duelo com Memphis

Dono da melhor campanha da Conferência Oeste foi derrotado pelo Grizzlies mesmo jogando em casa na abertura dos playoffs

iG São Paulo |

O San Antonio Spurs foi surpreendido. No jogo de abertura dos playoffs, o time de melhor campanha da Conferência Oeste foi derrotado em casa pelo Memphis Grizzlies por 101 a 98 na tarde deste domingo. O brasileiro Tiago Splitter não participou do duelo assim como o argentino Manu Ginobili.

Sem poder contar com o argentino Ginobili que com dores no cotovelo ficou de fora da partida, o San Antonio oscilou e acabou derrotado na estreia dos playoffs. Outro que apenas assistiu o jogo do banco de reservas foi o pivô Splitter. No entanto, o brasileiro do Spurs não entrou por opção do treinador Gregg Popovich.

AP
Marc Gasol tenta a cesta para o Memphis

Especialista nos tiros longos, o argentino fez falta no momento decisivo. O San Antonio chegou ao minuto final em vantagem, mas permitiu a virada ao Memphis. No último lance do duelo, o Spurs precisou de um arremesso de três pontos para levar o jogo para a prorrogação, mas o ala Richard Jefferson errou.

A chave para a vitória do Memphis foi a grande atuação do pivô Zach Randolph. O jogador fez 25 pontos, nove deles no começo do período final quando o Grizzlies conseguiu a virada. O atleta ainda conseguiu 14 rebotes para completar um "double-double".

Pelo lado do Spurs, o principal destaque foi Tim Duncan. O pivô anotou 16 pontos e pegou 13 rebotes. O principal cestinha do San Antonio foi o armador Tony Parker com 20.

Com o resultado, o Memphis reverte o mando de quadra do Spurs. O próximo duelo ainda acontece em San Antonio, mas agora basta ao Grizzlies vencer os três jogos que fará em casa para avançar.

O jogo
Sem poder contar com Ginobili, Spurs e Grizzlies fizeram um começo de jogo bastante equilibrado. Nenhuma das equipes conseguiu abrir larga vantagem no primeiro quarto. Após quatro trocas de liderança, o time de Memphis comandou o marcador na metade final do período e com de três pontos de O.J. Mayo colocaram 27 a 22 no placar ao final dos 12 minutos iniciais.

Com apenas um ponto sofrido nos primeiros três minutos, o San Antonio conseguiu empatar o duelo. Após dois lances livres convertidos por Matt Bonner, os donos da casa conseguiram a virada. No entanto, o Spurs não aproveitou o bom momento e viu o Memphis retomar o controle do jogo e colocar seis de vantagem.

Getty Images
Experiente pivô Tim Duncan lamenta erro do ataque do San Antonio Spurs

Novamente com a defesa agressiva, o San Antonio permitiu apenas dois pontos ao Memphis nos dois minutos finais do primeiro tempo. Sem a entrada do brasileiro Tiago Splitter, o Spurs conseguiu novamente reduzir a desvantagem e foi para o intervalo perdendo por dois: 45 a 43.

O intervalo fez bem ao San Antonio. Melhor ofensivamente, o Spurs conseguiu a virada logo no começo do segundo tempo. Foram 11 pontos em três minutos. Os donos da casa ainda aproveitaram o elevado número de faltas do Memphis para abrir oito pontos de vantagem. No entanto, com duas cestas de Mayo na reta final do quarto, o Grizzlies reduziu para apenas quatro: 74 a 70.

O bom desempenho ofensivo do San Antonio no terceiro quarto não se repetiu no começo do período final. Com apenas seis pontos nos primeiros cinco minutos, o Spurs permitiu nova virada ao Memphis. Com nove pontos neste período, Zach Randolph comandou o Grizzlies.

O jogo então ficou equilibrado, mas sempre com o Grizzlies em vantagem. Aos poucos, o time de Memphis foi se aproveitando dos erros no ataque do San Antonio para ampliar o marcador. Com quatro minutos para o final do duelo, os visitantes abriram sete e o treinador Gregg Popovich pediu tempo para o Spurs.

A parada deu resultado e o San Antonio chegou aos dois minutos finais com apenas um ponto de desvantagem. Em seguida foi a vez de Matt Bonner aparecer. Com um tiro de três pontos, o jogador colocou o Spurs em vantagem e obrigou o Memphis a pedir tempo.

Com uma cesta de três pontos de Shane Battier, o Memphis recuperou a liderança. Após dois lances livres convertidos por Tony Allen, os visitantes abriram três de vantagem. O San Antonio ainda teve a última bola e dez segundos para tentar levar o jogo para a prorrogação, mas Richard Jefferson falhou.
 

Leia tudo sobre: Tim DuncanGregg PopovichTiago SplitterManu Ginobili

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG