Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Sem Anderson Varejão, Cleveland Cavaliers amarga nova derrota

Equipe de Ohio começou bem a partida fora de casa, mas permitiu a virada e foi superada pelo Chicago Bulls

iG São Paulo |

O Cleveland Cavaliers amargou mais um tropeço na temporada. Ainda sem poder contar com o brasileiro Anderson Varejão, a equipe de Ohio foi superada pelo Chicago Bulls, fora de casa, por 100 a 91 na noite deste sábado.

Com uma fratura em um osso do rosto, Varejão não atuou na derrota de sua equipe para o Bulls. O incidente aconteceu no duelo com o Charlotte Bobcats na quarta-feira e o brasileiro nem sequer viajou com o restante do elenco do Cavaliers.

Sem o brasileiro, o Cavaliers amargou a sexta derrota consecutiva na temporada (vigésima quinta em 33 jogos). O time de Cleveland amarga a pior campanha entre os 15 times da Conferência Leste. Considerando toda a liga, apenas Minnesota Timberwolves e Sacramento Kings possuem registros inferiores ao do time de Varejão.

Já o Bulls somou o quinto triunfo seguido. O time venceu 13 das 15 últimas apresentações. Além disso, o resultado mantém a equipe de Chicago na terceira colocação da Conferência Leste.

Para vencer, o Bulls voltou a contar com boa atuação do armador Derrick Rose. O jogador foi o cestinha da equipe com 28 pontos. O atleta ainda deu 11 assistências para ficar com um "double-doube". Carlos Boozer (20 pontos e 11 rebotes) também conseguiu o efeito.

Pelo lado do Cavaliers quem teve atuação destacada foi J.J. Hickson. O reserva foi o principal pontuador da equipe com 21 pontos.

O jogo

Mesmo sem contar com Anderson Varejão, o Cavaliers começou bem a partida deste sábado no United Center. Concentrada, a equipe de Cleveland abriu 6 a 0 logo nos dois primeiros minutos do jogo.

AP
Ramon Sessions se esforça para tentar salvar jogada para o Cavaliers na derrota para o Chicago Bulls neste sábado

Mesmo com aproveitamento abaixo da casa de 40%, o Bulls chegou a reagir e reduziu a desvantagem para apenas três pontos nos minutos seguintes. Contudo, com boa atuação de Antawn Jamison (dez pontos e quatro rebotes na parcial), o Cavaliers manteve o comando do placar e venceu o quarto por 28 a 24.

O equilíbrio no começo da segunda parcial manteve o Cavaliers com folga que variou entre seis e quatro pontos. Contudo, a boa atuação da defesa do time de Cleveland fez a vantagem aumentar de dois para oito tentos (61 a 53) no final do primeiro tempo.

A parada para o intervalo não fez bem ao Cavaliers. A equipe anotou apenas quatro pontos na primeira metade do terceiro período. O Bulls se aproveitou do mau momento do ataque rival para virar a partida (66 a 65).

Se o ataque parou, a defesa do Cavaliers seguiu o mesmo caminho. Derrick Rose comandou o Bulls que anotou 32 pontos no terceiro quarto e sofreu apenas nove. O massacre do time de Chicago no período fez o Bulls entrar na última parcial com 15 de vantagem (85 a 70).

No começo do segundo período foi a vez do ataque do Bulls falhar. Foram apenas quatro pontos em seis minutos para o time de Chicago. Com isso, o Cavaliers conseguiu reduzir a desvantagem para apenas seis pontos (89 a 83).

A reação do Cavaliers não foi suficiente. O Bulls voltou a aproveitar seus ataques nos minutos finais. Mesmo se utilizando do recurso de faltas para congelar o relógio, o time de Cleveland não conseguiu mais alcançar o Chicago.


Hornets vence

O New Orleans Hornets conseguiu uma importante vitória na noite deste sábado. Com boa atuação de Trevor Ariza e Emeka Okafor, a equipe venceu o Washington Wizards, mesmo jogando fora de casa, por 92 a 81 e se manteve na zona de classificação para os playoffs.

Ariza foi o cestinha do Hornets. O jogador anotou 22 pontos. Já Okafor conseguiu um "double-double". Foram 17 tentos e 15 rebotes para o atleta.

Quem também colaborou com dois dígitos em duas estatísticas foi o Chris Paul. O armador distribuiu 11 assistências e ainda colaborou anotando 13 pontos. No entanto, o cestinha do jogo foi Nick Young, do Wizards. Foram 24 tentos para o ala-armador do Washington.

Com o triunfo, o Hornets segue na sétima posição da Conferência Oeste. Já o Wizards amarga a penúltima posição no lado leste da NBA.
 

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG