Tamanho do texto

Um dos melhores pivôs da história da NBA revela grande admiração pelo jogador do Chicago Bulls e até pensa em trabalhar com ele

Depois de responder a opinião de Scottie Pippen sobre quem deve ser considerado o melhor jogador de basquete de todos os tempos , Kareem Abdul-Jabbar voltou a fazer comentários sobre a NBA dos dias de hoje. Desta vez, revelou ser um grande admirador de Joakim Noah, pivô do Chicago Bulls.

“Se Noah souber jogar ofensivamente, vai se tornar um monstro”, afirmou Abdul-Jabbar. “Ele é muito bom jogador. É bastante altruísta e faria de tudo para ajudar seu time. Tenho muita admiração por ele e por todo o time do Chicago”.

Durante a temporada 2010/11, Noah teve médias de 11,7 pontos e 10,4 rebotes nos jogos da fase classificatória. Mas o desempenho caiu nos playoffs para 8,7 pontos e 10,2 rebotes por partida. Kareem considera que a evolução de Noah no ataque representará uma grande ajuda ao Chicago, que foi eliminado na final da Conferência Leste pelo Miami Heat .

“Se eles tiverem uma ameaça dentro do garrafão, os adversários não irão mais se concentrar apenas em conter Derrick Rose”, disse o ex-jogador. “As defesas têm se focado em deixar Derrick menos produtivo, assim como acontecia com Michael Jordan. E quando Jordan passou a contar com mais jogadores ao seu redor capazes de contribuir, o Bulls dominou a liga e conquistou seis títulos”.

Kareem, reconhecidamente um dos melhores pivôs da NBA em todos os tempos, diz saber o que fazer para que Noah melhore seu repertório de jogadas ofensivas.

“Eu precisaria ter uma chance de trabalhar com ele para ver o que ele está disposto a fazer”, declarou. “Alguns jogadores ficam desconfortáveis ao arremessar. Você não consegue fazer alguém sair da sua zona de conforto imediatamente. Às vezes, é preciso convencê-lo a fazer isso e dar a oportunidade para que ele trabalhe nesse sentido”.

    Leia tudo sobre: nba
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.