Tamanho do texto

Treinador destaca boa atuação do time nos dois últimos quartos e justifica ausência de Russell Westbrook nos minutos derradeiros

O técnico do Oklahoma City Thunder , Scott Brooks, comemorou bastante a vitória fora de casa sobre o Dallas Mavericks nesta quinta-feira. A equipe empatou a série em 1 a 1 e terá a chance de passar à frente na disputa por uma vaga na grande decisão do campeonato, pois atuará como mandante nos dois próximos confrontos.

“Foi uma grande vitória nossa”, comentou Brooks. “Não é fácil conseguir uma vitória aqui (em Dallas) nos playoffs, mas acredito que nossos jogadores fizeram um ótimo trabalho defensivamente no segundo tempo, contestando os arremessos deles e fazendo com que eles errassem os chutes. Sabemos que é assim que devemos jogar”.

O Thunder permaneceu à frente no marcador durante praticamente toda a segunda metade. Chegou a deixar a liderança escapar nos minutos finais do terceiro quarto, mas a reconquistou ainda antes do término do período, com a cesta de três pontos seguida de um lance livre convertido de James Harden.

“Nós estávamos jogando contra um time de elite, sobretudo ofensivamente”, analisou Brooks. “Fomos bem, jogamos duro. Como disse aos jogadores antes da partida, é impossível jogar de maneira perfeita, mas é possível jogar duro. É possível fazer isso a cada posse de bola, e acredito que fizemos isso na segunda metade”.

A atuação da equipe nos dois últimos quartos agradou Brooks, que contou com a valiosa ajuda dos jogadores vindos do banco de reservas. Prova disso são os 50 pontos anotados pelos suplentes na partida – apenas seis a menos que os titulares, que somaram 56 pontos – e a decisão do treinador de manter Eric Maynor em quadra no lugar de Russell Westbrook.

Questionado sobre o por quê de ter deixado de lado o seu armador titular nos minutos derradeiros da partida, Brooks justificou: “Eric fez um bom trabalho. Fiz isso algumas vezes durante a temporada, mas não é algo que acontece com frequência. Russell é um jogador incrível, nosso armador titular. Mas nós não estávamos conseguindo fazer algumas coisas e eu coloquei o Eric. Penso que ele tomou decisões muito boas na partida”.

    Leia tudo sobre: nba
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.