Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

San Antonio vira no final e conquista vitória sobre o Indiana

Manu Ginobili foi novamente o destaque da vitória do Spurs. Já o brasileiro Tiago Splitter, mais uma vez, não entrou em quadra

iG São Paulo |

O San Antonio Spurs recuperou-se das derrotas que sofreu nos dois últimos compromissos. Nesta sexta-feira, venceu fora de casa o Indiana Pacers por 90 a 87, numa partida decidida somente nos segundos finais. O pivô brasileiro Tiago Splitter, mais uma vez, não foi escalado pelo técnico Gregg Popovich.

Manu Ginobili foi a principal figura do San Antonio. O ala-armador argentino fez 25 pontos, deu quatro assistências, pegou quatro rebotes e roubou três bolas. O ala-pivô Tim Duncan alcançou um “double-double” ao marcar 15 pontos e apanhar 15 rebotes. Já o armador George Hill colaborou com 16 pontos vindo do banco de reservas.

O grande destaque do Indiana foi o ala-pivô Tyler Hansbrough, dono de 23 pontos, 12 rebotes e dois tocos. Seu companheiro de garrafão, o pivô Roy Hibbert, também foi bem: anotou dez pontos e pegou 14 rebotes. O ala Danny Granger e o armador Darren Collison apareceram com 15 e 12 pontos, respectivamente.

Após uma disputa bastante parelha durante o quarto inicial, o time da casa conseguiu se impor no marcador em seguida. Uma cesta de Hansbrough deu ao Pacers oito pontos de superioridade (44 a 36). Mas o Spurs anotou 12 dos 15 últimos pontos do segundo período e encerrou a primeira metade um ponto à frente (48 a 47).

AP
Manu Ginobili passa por Paul George e parte em direção à cesta
Contando com um inspirado Hansbrough no retorno dos vestiários, o Indiana assumiu o controle do jogo no terceiro quarto. O time chegou a ter 15 pontos de frente (75 a 60) após uma bandeja de Mike Dunleavy a um minuto e meio do final do período e deu esperanças à torcida local de que bateria até com certa facilidade o seu adversário.

O ataque do San Antonio voltou a funcionar no último quarto, mas foi o desempenho defensivo que permitiu aos texanos uma aproximação no marcador. Reflexo disso são os somente 12 pontos que o Pacers conseguiu fazer no período final.

Quando o relógio indicava 15 segundos para o encerramento do confronto, Ginobili sofreu uma falta e foi para a linha do lance livre. Com os dois tiros certeiros do argentino, o Spurs finalmente passou à frente (88 a 87). O Indiana não teve sucesso no ataque seguinte e a bola voltou para as mãos dos visitantes, que fizeram mais dois lances livres – desta vez, convertidos por Tony Parker.

Atrás por três pontos (90 a 87) e com menos de um segundo por jogar, o time local ainda tentou evitar a derrota. Mas o arremesso de longa distância de James Posey no estouro do cronômetro não foi bem sucedido.

Leia tudo sobre: San Antonio SpursIndiana PacersNBA

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG