Equipe do Texas não perde para Timberwolves desde janeiro de 2004, já são 15 jogos de invencibilidade

San Antonio Spurs recebeu o Minnesota Timberwolves neste domingo e venceu por 94 a 91. O Spurs mantém o tabu contra a equipe de Minnesota. Em 15 jogos, desde janeiro de 2004, o resultado final foi sempre o mesmo: vitória de San Antonio.

O argentino Manu Ginobili anotou 14 dos seus 21 pontos no segundo quarto e ajudou a equipe a virar o jogo. O ala-armador também teve quatro roubadas de bola e sete rebotes.

Outros cinco jogadores chegaram a pontuação de dois dígitos: Richard Jefferson e Gary Neal (13), George Hill, Matt Boner e Tony Parker (11).

Pelo Timberwolves a noite não foi boa. A equipe perdeu o ala-pivô Michael Beasley, com seis minutos do segundo período. Ele sentiu dores no tornozelo e ainda será avaliado.

Kevin Love mostrou mais uma vez porque é tão elogiado pelos treinadores da liga. Ele anotou 18 pontos e apanhou 17 rebotes. Luke Ridnour fez 16 pontos e serviu sete vezes para a cesta. Darko Milicic teve 11 pontos e dez rebotes.

É a 20ª vitória do Spurs em 22 jogos em casa. O time é líder da NBA com 31 triunfos e apenas seis derrotas. O Timberwolves, por sua vez, venceu apenas duas de 21 partidas longe da torcida e nove de 29 no total da temporada e é penúltimo colocado da Conferência Oeste.

O Timberwolves esteve na frente durante todo o primeiro quarto, o qual venceu por 21 a 18. No entanto, a alegria dos visitantes não durou no período seguinte. Ginobili acertou todos os seus seis arremessos no período e rapidamente o San Antonio virou o jogo. A equipe abriu seis pontos de vantagem antes do intervalo: 50 a 44.

Na volta dos vestiários, o Minnesota correu atrás do placar, sem o astro Michal Beasley, que deixou o jogo no segundo quarto. A equipe até empatou o jogo, mas não conseguiu tomar a frente e deixou o Spurs abrir sete pontos à frente 74 a 67.

A diferença não aumentou no último quarto e com dois lances livres de Hill, o placar passou a mostrar 94 a 86 para o time da casa, mas a equipe não pontuou mais. Ridnour acertou uma cesta de três nos dois minutos finais e deixou a vantagem do San Antonio em apenas três pontos, no entanto, uma outra tentativa do jogador acertou o aro.


    Leia tudo sobre: NBA
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.