Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

San Antonio sofre, mas consegue virada e bate o Milwaukee

Manu Ginobili, mais uma vez, comandou o triunfo do Spurs ao marcar 23 pontos e pegar sete rebotes. Tiago Splitter não jogou

iG São Paulo |

O San Antonio Spurs perdia o jogo contra o Milwaukee Bucks nesta quarta-feira até o terceiro quarto, mas conseguiu a virada no último período e confirmou a vitória fora de casa por 91 a 84. O pivô brasileiro Tiago Splitter não foi utilizado pelo Gregg Popovich e ficou de fora do confronto.

Manu Ginobili foi o melhor jogador do San Antonio em quadra. O argentino foi o cestinha da partida com 23 pontos, além de ainda ter pegado sete rebotes e distribuído quatro assistências. O ala-pivô Tim Duncan somou 16 pontos, oito rebotes e três tocos. Os reservas Matt Bonner e Gary Neal colaboraram com 17 e dez pontos, respectivamente.

Dois estrangeiros foram os destaques do Milwaukee. O pivô australiano Andrew Bogut fez 15 pontos e pegou 14 rebotes. O ala turco Ersan Ilyasova também teve um “double-double”: 11 pontos e dez rebotes. Mas o principal pontuador da equipe foi o ala John Salmons, com 17 pontos.

O baixo aproveitamento nos arremessos comprometeu as chances de vitória do Bucks no jogo. O time acertou somente 39,5% dos seus tiros, enquanto o Spurs teve índice de conversão de 46,2%. Além disso, foram 11 desperdícios cometidos, contra apenas cinco dos texanos.

AP
Manu Ginobili faz o arremesso sobre a marcação de Luc Richard Mbah a Moute

O Milwaukee se impôs em quadra nos minutos iniciais e não deixou o time de melhor campanha da liga tomar conta da partida. O Spurs ainda permaneceu próximo do adversário no marcador no primeiro tempo, mas não conseguiu assumir a liderança. O placar no intervalo apontava 51 a 43 em favor dos mandantes.

Popovich parece ter acertado a defesa do San Antonio nos vestiários. Isso porque seus comandados, que sofreram 51 pontos na primeira metade, conseguiram limitar o ataque rival a somente 33 pontos durante os dois últimos períodos.

O Spurs aproximou com perigo no terceiro quarto e passou à frente no último, aproveitando-se desta queda de rendimento do ataque do Milwaukee. Um arremesso de Bonner a nove minutos do fim encerrou uma série de oito pontos seguidos do time do Texas, que vencia naquele momento por 76 a 70.

Ainda houve uma tentativa de reação do Bucks, que chegou a ficar a um ponto do empate nos minutos finais. Mas o San Antonio mostrou por que é o time que lidera a temporada da NBA: foi melhor nos momentos decisivos do jogo e saiu de quadra com a quarta vitória seguida.

Oklahoma vence fora de casa

O Oklahoma City Thunder conquistou nesta quarta-feira sua terceira vitória consecutiva. A vítima desta vez foi o Houston Rockets, derrotado diante da sua torcida por 118 a 112.

O ala Kevin Durant fez 30 pontos e seis rebotes e comandou o triunfo dos visitantes. O armador Russell Westbrook também teve atuação destacada, tendo chegado bem próximo de um “triple-double”: foram 23 pontos, 13 assistências e oito rebotes pra ele.

O Houston teve o cestinha da partida: o ala-pivô argentino Luis Scola, dono de 31 pontos e 11 rebotes. O ala-armador Courtney Lee e o armador Kyle Lowry apareceram com 19 e 18 pontos, respectivamente.

Leia tudo sobre: San Antonio SpursMilwaukee BucksNBA

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG